No menu items!
21 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 30, 2020

Nicolau Júnior homenageia Phelipe Daou Júnior em cerimônia de comemoração aos 46 anos da Rede Amazônica

Últimas

Thomazini defende reabertura das academias em Rio Branco. “Atividade assistida não impõe riscos”

Candidato a vereador em Rio Branco, Alexandre Thomazini, defende o reenquadramento urgente das academias na classificação de risco Laranja por existir provas científicas concretas...

Pesquisas eleitorais bancadas por institutos crescem em meio a suspeitas de fraudes. Conheça as histórias

Fonte: O Globo Enquanto os olhos do TSE estão voltados para o combate à desinformação, um esquema capaz de influenciar os resultados eleitorais cresce a...

Assembléia Legislativa decreta Ribamar Trindade o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado

A mesa diretora da Aleac, por meio de decreto legislativo, referendou o nome do secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade, para o cargo vitalício...

CCJ da Aleac aprova Ribamar Trindade para conselheiro do Tribunal de Contas. Plenário fará última votação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembléia Legislativa aprovou há pouco o nome do secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade, para o...

Pesquisas não refletem o que sentimos nas ruas, diz Jarbas Soster

O empresário Jarbas Soster se disse surpreso com  as pesquisas publicadas nos últimos dias em Rio Branco. O candidato diz confiar muito mais na...

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), participou na manhã desta sexta-feira (16) da cerimônia de comemoração aos 46 anos da Rede Amazônica. Além do parlamentar, o evento também contou com a presença do governador Gladson Cameli, da prefeita de Rio Branco, Socorro Neri e da procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

A Rede Amazônica é um conglomerado regional que atua nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia e Roraima em áreas como televisão, rádio e internet. Com sede em Manaus, é o maior grupo de comunicação da Região Norte, sendo afiliada da Rede Globo.

O grupo empresarial responsável pela Rede Amazônica surgiu de uma agência de propaganda, a Amazonas Publicidade, fundada em 30 de setembro de 1968. Os jornalistas Phelippe Daou e Milton de Magalhães Cordeiro se juntaram então aos empresários Joaquim Margarido e Robert Phelippe Daou para disputar a concorrência que resultou na concessão do segundo canal de televisão de Manaus.

Para o presidente da Aleac, um caso de pioneirismo que precisa ser reconhecido. “O Acre foi um Estado formado por pioneiros audaciosos que tiveram a coragem de, na fronteira mais a oeste do país, transformar essa terra em Brasil. A família rede amazônica de rádio e televisão foi uma dessas pioneiras. Inicialmente, com o grande Phelippe Daou, que com coragem e iniciativa trouxe a televisão para o Acre. Legado importante que para a nossa sorte, foi seguido pelo seu filho Phelippe Daou Júnior”, enfatizou.

O progressista frisou ainda que a atuação da Rede Amazônica fortaleceu a cidadania dos povos amazônicos. “O meu desejo é que essa empresa continue crescendo e fazendo a diferença no nosso Estado. Parabéns a todos os jornalistas, funcionários e colaboradores da Rede Amazônica, tenho muito orgulho de tudo que vocês construíram até aqui”, complementou.

Na oportunidade, Nicolau Júnior homenageou Phelipe Daou Júnior com a entrega do título de Cidadão Acreano. Para ele, uma homenagem justa e necessária. “Entrego esse título em nome dos 24 deputados estaduais, do governo do Estado e da população acreana, pelo pioneirismo e pela coragem que Phelippe Daou Júnior, seguindo os passos de seu pai, contribuiu para a construção e a evolução da comunicação e do jornalismo no Estado do Acre. Não poderia deixar de homenagear essa história tão bonita que ajudou a construir o nosso Estado de ponta a ponta. Homenagem mais que justa e merecida”, concluiu.

Mircléia Magalhães

Agência Aleac




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui