No menu items!
25 C
Rio Branco
quarta-feira, novembro 25, 2020

Madson Cameli se apresenta ao eleitorado de Cruzeiro do Sul: “eu quero ser o seu fiscal”

Últimas

Blog do Assem: MDB e Márcio Bittar foram omissos com desmandos no Depasa e todos os diretores são exonerados

Não foi por falta de aviso. Quando Sebastião Fonseca foi demitido por corrupção, os substituto deveriam seguir uma linha de gestão minimamente decente. mas se envolveram...

Governador anuncia o pagamento de prêmio de valorização dos servidores do Detran

Da Secom Honrando compromisso de valorizar os servidores públicos, o governador Gladson Cameli anunciou nesta terça-feira, 24, a regulamentação do pagamento do Prêmio Anual de...

Gladson antecipa salários de novembro; gratificação do Detran e auxílio Covid para Saúde e Segurança saem no mesmo dia

O governador Gladson Cameli autorizou a antecipação dos salários de novembro para servidores da ativa e aposentados do Estado. Todos receberão seus vencimentos na...

Gladson aciona MPE, confirma exoneração de todos os cargos políticos do Depasa e a volta da Sanacre

O governador Gladson Cameli informou há pouco que todos os cargos de natureza política do Depasa serão exonerados. A primeira leva de exonerações sairá...

O PP, que ainda recruta fiscais “voluntários”, tem campanha de R$ 4 milhões; Socorro Neri não recebeu nem R$ 470 mil

Com o aumento da transparência na divulgação dos recursos movimentados nas candidaturas, o eleitor tem acesso ao quanto de dinheiro do fundo eleitoral e...

Saudações!

Meu nome é Madson Cameli!

Entre muitos que vão bater na sua porta, tocar suas mãos, te abraçar, quero te dizer algo muito importante:

“ENQUANTO OS BONS CRUZAM OS BRAÇOS OS QUE SÃO MAUS PREVALECEM.”

Permita – me contar a você um pouco de mim, de onde eu venho, onde vivi, quem eu sou:

“  Sou nascido e criado em Cruzeiro do Sul – Acre, conheço como a palma da minha mão, cada rua,  cada bairro, cada escola que queria frequentei e não tinha como fazer a diferença, tive a honra/sorte/Deus de ser criado por uma família boa, estruturada e de um coração sem tamanho.

Já plantei mais de uma árvore, já sou pai, tenho formação superior, sou cristão, casado e empresário ”. Eu quero ser teu representante!

Devo tudo que tenho a Deus  e grandes anjos da terra que me ensinaram que “ ou eu estudava ou meu fim não seria o melhor.” Pra mim não bastava chegar, dentro de mim, algo mais forte por tudo que sofri dizia que EU TENHO QUE FAZER ALGO CONCRETO PARA MEU POVO, A HISTORIA NÃO PODE SER SOMENTE MINHA, QUERO E PRECISO AJUDAR TODOS AQUELES QUE VI E QUE MESMO NÃO VENDO SEI QUE PASSAM POR GRANDES DIFICULDADES. São homens, mulheres e crianças desamparadas pelo poder público, sem dinheiro e sem esperança de dias  melhores.

Minha inquietação nunca parou, dentro de mim, a esperança de tornar e levar a oportunidade para outras pessoas era constante. Desde o ensino médio, sempre fui um colaborador para o crescimento da cultura. Porém isso não basta! Quero ajudar os que por uma questão de vida estão na margem, estão esquecidos e somente a cada dois anos, são lembrados de sua existência, meu povo cruzeirense, tão esquecido.

Quero ser vereador e ser um verdadeiro fiscal do povo e legitimo representante do povo. Fiscalizar, cobrar, denunciar, legislar para todos, buscando sempre o bem comum. O município de Cruzeiro do Sul, precisa prestar contas de suas omissões, precisamos cobrar para fazer acontecer. Não basta os inúmeros escândalos do cenário politico local, o desconhecimento da Lei Orgânica do Município de Cruzeiro do Sul por grande parte do atuais vereadores, a exemplo de não terem instaurado uma única CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito), ou processo de afastamento do ex prefeito, ou se quer defesa da Lei Orgânica.

Depois de caminhar por cada bairro, conhecer as dez regionais da zona urbana e algumas rurais, sinto-me preparado para ser candidato a vereador de Cruzeiro do Sul Acre.  Posso dizer que conheço os problemas na pele. Eu vejo todo dia. Tenho entendimento dos hábitos, das dificuldades, onde moram, onde rezam, como se diverte e o quanto amam a sua gente.

Eu quero ser o seu fiscal, acompanhar os atos do prefeito, ficar atento ao destino do dinheiro público. Cobrar por melhorias e fiscalizar o transporte público, escola, saúde, educação municipal de qualidade e creches com refeições dignas.

Por que faltam remédios nas unidades básicas de saúde?

Por que demora tanto o atendimento?

Por que em alguns lugares públicos somos tão mal recebidos?

Quero fiscalizar e apresentar soluções por quais razoes as maquinas que deveriam estar em constância abertura e manutenção dos ramais se encontra paradas?

Por cada prato de comida que temos em nossas mesas, ali há história de luta da família do campo. Devemos a eles todo respeito e gratidão. Hoje se Cruzeiro do Sul – AC, fosse autossuficiente na produção de grãos básicos como: Arroz, feijão, NÃO ESTARIAMOS SENDO DEPENDENTES DOS MERCADOS EXTERNOS, GERANDO EMPREGO E RENDA PARA OUTRAS LOCALIDADES diante da OMISSÃO DE QUEM TEM A OBRIGAÇÃO DE GARANTIR UM DIREITO BÁSICO CONSTITUCIONAL: A ALIMENTAÇÃO É UM DIREITO CONSTITUCIONAL dai Eu me pergunto: E POR QUE TEM PESSOAS AQUI EM CRUZEIRO DO SUL COM FOME? Se a Constituição diz que é um direito? A resposta vem da câmara: NÃO FISCALIZAM, NÃO COBRAM, SÃO OMISSOS E INERTES DIANTE DAS DIFICULDADES DE SEU POVO.

Por isso, eu quero seu voto para poder fiscalizar a administração do Município, apurar como funcionam os contratos das empresas fornecedoras, dos coletivos, da coleta de lixo, das empresas terceirizadas, das questões da ação social como os programas de auxílio. Quero levar dignidade ao homem do campo e da cidade. Minha prioridade é o povo! Averiguar esses loteamentos e ocupações de áreas abandonadas pelo setor privado e que amedrontam os seus moradores com uma suposta retirada abrupta dos moradores que apenas exercem seu legitimo direito Constitucional de Moradia. Não é segredo para ninguém que os institutos de direito Constitucional e Direito Civil dizem que a propriedade tem que atingir o fim social e que a moradia é um direito. Logo aquele que ocupa área privada por tempo necessário que a luz do direito lhe assegura “O artigo 10 do Estatuto da Cidade (Lei n° 10.257/2001) prevê a usucapião coletiva que tem como requisito a ocupação por 5 (cinco) anos ininterruptos e sem oposição de áreas urbanas com mais de duzentos e cinquenta metros quadrados por população de baixa renda com o fim de constituir moradia, com a ressalva de que os possuidores não sejam proprietários de qualquer outro imóvel, como nos outros casos de usucapião.” Também há “Usucapião Ordinária, na qual exige-se posse, tempo de 3 anos, e existência de justo título e boa-fé por parte do possuidor.”

Quero ser um fiscal ferrenho desses loteamentos sem a mínima condição de existir. E cobrar dos grandes o IPTU por meio de execução fiscal e isentar o pequeno diante da sua hipossuficiência economia e inercia do Estado de proporcionar melhores condições de vida digna.

Por que não cuidam de verdade das pessoas que não tem onde morar ou que estão em área de risco? Assisto a atuação brilhante dos Vereadodes de Cruzeiro do Sul. Todavia, faltam políticas públicas de moradia para todos.  Cadê as casas populares? É preciso dar dignidade ao povo! Cidadania não tem que ser apenas algo falado, temos que viver esse direito de ser e viver como pessoas dignas.

Tempos atrás, no Acre, foram recolhidos ao cárcere, cadeia provisória os prefeitos de Bujari, Plácido, Santa Rosa e de outros municípios graças a ação da Polícia Federal. O QUESTIONAMENTO QUE FAÇO É: Por que os vereadores não conseguem fiscalizar?  Por que as denúncias nunca partem do poder Legislativo Municipal?

Eu quero mudar essa realidade, quero ser seu vereador!

Posso contar com seu voto!

Meu nome é Madson Cameli

Número: 12000




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui