No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, dezembro 3, 2020

Cruzeiro do Sul: Adonis profetiza o fim da corrupção, principal entrave para o desenvolvimento do município

Últimas

Bocalom conseguiria governar sem contemplar vereadores com cargos na prefeitura?

O prefeito eleito Tião Bocalom acertaria em rejeitar indicações de vereadores para cargos no município. A declaração dele, segundo a qual  os parlamentares não...

Fantasmas no Mais Médicos: diretor afastado do Hospital do Juruá favoreceu estelionato, diz PF

O diretor Técnico do Hospital do Juruá teria favorecido a prática de estelionato contra a administração pública, entendeu a Polícia Federal. Marcos Melo foi...

Fraude no Mais Médicos: juiz manda sequestrar veículos, casas e outros bens; diretor do Hospital do Juruá é afastado

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, no bojo da operação “Choro de Hipócrates”, identificou que na região de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima,...

Veterinário, engenheiro e agrônomo: Governo do Acre divulga e homologa resultado final do concurso do Idaf

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf),...

helicóptero do governo volta em janeiro para cobrir Segurança e Saúde; Gladson vistoria manutenção

O governador Gladson Cameli esteve no hangar da empresa Líder no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, vistoriando o helicóptero Esquilo B2 do...

A precariedade na prestação dos serviços essenciais e o abandono da zona rural, na opinião do candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul, Sargento Adonis, são apenas conseqüências da corrupção e dos desmandos existentes na prefeitura. “Os recursos entram por um tubo de cem milímetros e saem por um de dez, e ainda pingando”, metaforizou ele em uma reunião no bairro do Telégrafo.

O evento aconteceu na noite desta quinta-feira (22) e foi organizada pelo candidato a vereador Eliel Mesquita, que é morador do bairro.
Ainda segundo ele, a gestão municipal deveria investir na produção agrícola, na infraestrutura, em saúde e educação e não apenas com folha de pagamento e outras despesas administrativas. “Acreditamos que a gestão pública deva buscar a eficiência de forma contínua. Vamos atrair investimentos para gerar empregos na iniciativa privada que são permanentes”, explicou o candidato, afirmando que a sua proposta é sustentável economicamente.
Sargento Adonis, que é adepto do liberalismo econômico como elemento condutor do desenvolvimento, disse também que o município precisa receber investimentos, principalmente da União. “Há pouco mais de um século, a nossa região era a segunda maior geradora de riquezas, ou seja, sustentamos o país com a borracha, que superou o cacau e ficou atrás apenas do café”, historiou o candidato, para quem o governo federal tem uma dívida histórica com o Vale do Juruá.
Juntamente com a bancada federal, ele disse que vai à Suframa e à Sudam buscar os recursos necessários, bem como fazer uma reforma jurídica e administrativa para receber os futuros investidores. “A estrada do Pacífico é uma realidade e precisamos nos preparar para o futuro. Essas instituições irão dar o aporte financeiro, mesmo porque elas foram criadas para isso”, vislumbra o candidato, dizendo que Cruzeiro do Sul será a porta de desenvolvimento para o Acre e Brasil.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui