No menu items!
29 C
Rio Branco
domingo, novembro 29, 2020

Execução do primo de Kinpara: testemunhas são ouvidas, polícia segue sem pistas e não descarta acerto de contas

Últimas

Canalhice: Militantes de Bocalom disparam vídeo de 2018 com Gladson pedindo voto para o 11

Mesmo com todo discurso de rigor anunciado pela justiça eleitoral do Acre, o segundo turno da eleição em Rio Branco se transformou na guerra...

Cientista avalia revés de Bocalom e subida repentina de Socorro Neri. Como será o amanhã?

O professor e cientista político Nilson Euclides da Silva entende que a prefeita Socorro Neri poderia vencer as eleições deste domingo se houvesse ao...

BMW assassina: desembargador nega pedido de Ícaro para substituir homicídio por crime de trânsito

A defesa do fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, denunciado pelo assassinato da jovem Johliane Paiva, sofreu mais uma derrota na Justiça. O advogado...

Eleições 2020: antes de sair de casa, consulte seu local de votação

Neste domingo, 29, antes de sair de casa, o eleitor de Rio Branco pode consultar o local onde deverá votar. O endereço está disponível...

Tião Viana é elogiado por salvar a vida de anônimos e famosos no Acre

Tão logo deixou o governo do estado em dezembro de 2018, o médico Tião Viana retomou suas atividades nos plantões médicos. O governador que saiu...

A polícia junta informações obtidas até então para confirmar se a execução do primo do professor Minoru Kinpara, Levy Freitas de Andrade, foi motivada por acerto de contas. Três testemunhas foram ouvidas nesta sexta-feira pelo delegado Ricardo Casas. Um agente de polícia civil disse ao acjornal que não há pistas que possam levar aos autores do crime. “O que sabemos é que foi tudo premeditado. Há, sim, forte suspeita de que os assassinos sejam ligados a alguma facção”, disse o policial.

Levy Freitas de Andrade Paulino de 39 anos, um dos coordenadores da campanha do candidato a prefeito de Rio Branco Minoru Kimpara, foi executado tiros na tarde desta quinta-feira, 22. O crime aconteceu no Bairro Hélio Melo, na Sapolândia, região do Distrito Industrial.

Levy estava em casa quando foi chamado por três pessoas. Ao atender o chamado a vítima foi empurrada para o interior da residência e depois executada com vários tiros. Na sequência os criminosos fugiram.

Minoru cancelou sua agenda de campanha nesta quinta-feira




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui