No menu items!
27 C
Rio Branco
quinta-feira, dezembro 3, 2020

MDB faz campanha dentro da prefeitura mas tentativa de levantar primo de Fagner Sales foi um fiasco

Últimas

Nicolau Junior parabeniza Ronald Polanco pela presidência do Tribunal de Contas do Acre

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), em nome da mesa diretora e todos os deputados, parabenizou o novo...

Bocalom, o todo poderoso da vez, não emplaca o Produzir Para Empregar se não quiser

O jornalista Altino Machado e o ex deputado Luiz Calixto lembram o invejável rol de apoiadores de Bocalom, em comentários bem festejarmos na rede...

Ismael Tavares pode ser o novo presidente do Podemos em Rio Branco.

Filiado no PODEMOS-AC, Ismael Tavares é o preterido do Vereador eleito Arnaldo Barros para presidente do diretório municipal do partido em Rio Branco. Ele...

Inimigo da educação: Bolsonaro enfraquece Fundeb e professores ficarão sem reajuste em 2021

A Portaria interministerial 3, do governo Bolsonaro, que altera a gestão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos...

“ Musa Fitness do crime” volta às redes sociais, cita Deus, vira ré e fica frente a frente com juiz

Presa em flagrante no dia 26 de agosto deste ano pelo crime de tráfico de drogas, Ivanna Alencar de Souza, que ficou conhecido como...

O grupo oficial de WhatsApp da secretaria municipal de saúde de Cruzeiro do Sul foi usado para mobilizar um encontro com o candidato a prefeito Fagner Sales (MDB) e do candidato a vereador Cristiano Rodrigues (MDB), que é primo do prefeito Clodoaldo Rodrigues (PP).

O convite que foi feito em recorte e entregue nas unidades de saúde do município também foi disparado no grupo de trabalho da instituição. O texto convida os servidores para um encontro com a presença das deputadas Jéssica e Antônia Sales, além do candidato a prefeito Fagner Sales (ambos do MDB).

Sem ser citado no convite o anfitrião do encontro era o próprio Cristiano Rodrigues, da área de saúde, que tenta usar a força da máquina dirigida pelo primo para atrair apoiadores no ambiente de trabalho.

Mesmo com tamanha mobilização, a reunião foi um fiasco e quase ninguém compareceu numa demonstração da rejeição que o candidato MDBista apresenta. Semana passada o ACJornal publicou a matéria de uma denúncia feita por uma enfermeira que disse ter perdido o cargo de coordenadora da saúde da Mulher por não aceitar apoiar o candidato do prefeito.
Chama atenção Clodoaldo ser filiado ao PP, e permitir o MDB mobilizar fazer reunião com servidores com o candidato da coligação rival.

A eleição em Cruzeiro do Sul está polarizada entre as três candidaturas em disputa e cabe a justiça eleitoral coibir toda e qualquer tentativa de abuso do poder, político e financeiro.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui