No menu items!
25 C
Rio Branco
quarta-feira, novembro 25, 2020

Amantes do Bira e comissionados na Bolívia: polícia apreende documentos e leva secretário de Xapuri para se explicar na delegacia

Últimas

Blog do Assem: MDB e Márcio Bittar foram omissos com desmandos no Depasa e todos os diretores são exonerados

Não foi por falta de aviso. Quando Sebastião Fonseca foi demitido por corrupção, os substituto deveriam seguir uma linha de gestão minimamente decente. mas se envolveram...

Governador anuncia o pagamento de prêmio de valorização dos servidores do Detran

Da Secom Honrando compromisso de valorizar os servidores públicos, o governador Gladson Cameli anunciou nesta terça-feira, 24, a regulamentação do pagamento do Prêmio Anual de...

Gladson antecipa salários de novembro; gratificação do Detran e auxílio Covid para Saúde e Segurança saem no mesmo dia

O governador Gladson Cameli autorizou a antecipação dos salários de novembro para servidores da ativa e aposentados do Estado. Todos receberão seus vencimentos na...

Gladson aciona MPE, confirma exoneração de todos os cargos políticos do Depasa e a volta da Sanacre

O governador Gladson Cameli informou há pouco que todos os cargos de natureza política do Depasa serão exonerados. A primeira leva de exonerações sairá...

O PP, que ainda recruta fiscais “voluntários”, tem campanha de R$ 4 milhões; Socorro Neri não recebeu nem R$ 470 mil

Com o aumento da transparência na divulgação dos recursos movimentados nas candidaturas, o eleitor tem acesso ao quanto de dinheiro do fundo eleitoral e...

Cerca de 20 polícias da Delegacia de Combate à Corrupção e Crimes do Colarinho Branco fazem diligências em vários endereços públicos vinculados à Prefeitura de Xapuri. Os agentes apuram um esquema de contratação de fantasmas denunciado com exclusividade pelo acjornal na última semana.

O prefeito Bira Vasconcelos (PT) é apontado como chefe da corrupção que inclui contratação de pelo menos duas garotas que seriam amantes do prefeito (VEJA AQUI), e de cinco estudantes de Medicina que moram na Bolívia (VEJA AQUI).

A sede da prefeitura foi o primeiro local vasculhado pela polícia, no centro da cidade, para apreender documentações que comprovam a existência de funcionários fantasmas na gestão pública municipal.

Depois os agentes, em traje à paisana, estiveram nas secretarias onde, segundo a denúncia, estariam lotadas as garotas que não aparecem para trabalhar.

Um secretário que ainda não teve o nome divulgado foi conduzido coercitivamente até a delegacia da cidade para prestar depoimento.

O prefeito Bira Vasconcelos também deve ser convocado a prestar esclarecimentos na Delegacia Especial de Combate à Corrupção e Crimes do Colarinho Branco.

O próprio delegado, Pedro Resende, que conduz as investigações, se encontra em Xapuri interrogando todos os citados na denúncia.

As investigações apontam para a formação de um esquema de Corrupção ativa e passiva que  envolveria também o grupo político da vice-prefeita da cidade, Maria Auxiliadora (PSB), esposa do deputado Manoel Moraes (PSB), alvo de outra operação, da Polícia Federal, nesta quinta-feira, acusado de Corrupção na Assembléia legislativa.

Manoel e Auxiliadora são pais do empresário Cristian Sales, envolvido em desvio de recurso público da merenda escolar e em cuja empresa teriam, sido depositados R$ 10 milhões em dinheiro vivo por agentes públicos da Aleac.

No caso da prefeitura de Xapuri, o delegado responsável pelas investigações se mantém calado para não atrapalhar o andamento do inquérito.

Em Xapuri, as investigação também apontam para crimes de formação de quadrilha, falsificação de documentos públicos, desvio de finalidade funcional de servidores públicos, aluguel de contratos e nomeações indevidas de correligionários do prefeito petista.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui