No menu items!
23 C
Rio Branco
sexta-feira, dezembro 4, 2020

Em nota, Nicolau Júnior reafirma colaborar com as investigações e diz que seus atos são acompanhados pelos instituições competentes

Últimas

Nicolau Junior parabeniza Ronald Polanco pela presidência do Tribunal de Contas do Acre

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), em nome da mesa diretora e todos os deputados, parabenizou o novo...

Bocalom, o todo poderoso da vez, não emplaca o Produzir Para Empregar se não quiser

O jornalista Altino Machado e o ex deputado Luiz Calixto lembram o invejável rol de apoiadores de Bocalom, em comentários bem festejarmos na rede...

Ismael Tavares pode ser o novo presidente do Podemos em Rio Branco.

Filiado no PODEMOS-AC, Ismael Tavares é o preterido do Vereador eleito Arnaldo Barros para presidente do diretório municipal do partido em Rio Branco. Ele...

Inimigo da educação: Bolsonaro enfraquece Fundeb e professores ficarão sem reajuste em 2021

A Portaria interministerial 3, do governo Bolsonaro, que altera a gestão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos...

“ Musa Fitness do crime” volta às redes sociais, cita Deus, vira ré e fica frente a frente com juiz

Presa em flagrante no dia 26 de agosto deste ano pelo crime de tráfico de drogas, Ivanna Alencar de Souza, que ficou conhecido como...

Em nota pública emitida há pouco, o presidente da Aleac, Nicolau Júnior, reafirma que tem colaborado com as investigações e apresentado à Polícia Federal todas as informações solicitadas. O deputado foi afastado da função nesta quinta-feira. Júnior desmentiu informações controversas, publicadas em setores da imprensa local, informando, erroneamente, sobre um suposto pedido de prisão. Leia anota abaixo:

Nota Pública

A respeito do que vem sendo noticiado nos meios de comunicação em decorrência da Operação Durty Safe da Polícia Federal, venho a público esclarecer que:

a. Empenhado no esclarecimento dos fatos, tenho colaborado com a Polícia Federal através do fornecimento de todas as informações necessárias para que a verdade seja apurada e restabelecida;

b. Não há nenhum pedido de prisão emitido contra minha pessoa. Apenas um pedido de afastamento para que as investigações possam ser conduzidas de acordo com os procedimentos internos definidos pela própria Polícia Federal;

c. Todos os atos da presidência da Assembleia, assim como do nosso mandato são acompanhados, fiscalizados e acompanhados pelas instituições competentes como a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) Tribunal de Contas do Estado (TCE) e outros órgãos que aprovaram o exercício 2019;

Esclareço, ainda, que aguardo mais informações sobre o trabalho da Polícia Federal para se pronunciar com a tranquilidade, clareza e transparência que sempre marcaram nosso trabalho na presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Acre.

Nicolau Cândido da Silva Júnior
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui