No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, dezembro 3, 2020

PF nas ruas, nesta quinta: muito dinheiro apreendido na casa dos investigados

Últimas

Bocalom conseguiria governar sem contemplar vereadores com cargos na prefeitura?

O prefeito eleito Tião Bocalom acertaria em rejeitar indicações de vereadores para cargos no município. A declaração dele, segundo a qual  os parlamentares não...

Fantasmas no Mais Médicos: diretor afastado do Hospital do Juruá favoreceu estelionato, diz PF

O diretor Técnico do Hospital do Juruá teria favorecido a prática de estelionato contra a administração pública, entendeu a Polícia Federal. Marcos Melo foi...

Fraude no Mais Médicos: juiz manda sequestrar veículos, casas e outros bens; diretor do Hospital do Juruá é afastado

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, no bojo da operação “Choro de Hipócrates”, identificou que na região de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima,...

Veterinário, engenheiro e agrônomo: Governo do Acre divulga e homologa resultado final do concurso do Idaf

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf),...

helicóptero do governo volta em janeiro para cobrir Segurança e Saúde; Gladson vistoria manutenção

O governador Gladson Cameli esteve no hangar da empresa Líder no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, vistoriando o helicóptero Esquilo B2 do...

Uma quantidade ainda não revelada de dinheiro em espécie foi apreendida nas residências de empresários ( e de outros envolvidos) investigados na Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta quinta-feira. São 22 mandados judiciais em cumprimento, inclusive o afastamento do presidente da Aleac, Nicolau Júnior, com medidas cautelares extensivas ao também deputado estadual Manoel Moraes (PSB).

Os agentes da PF também apreenderam cheques preenchidos – um deles no valor de R$ 50 mil – e anotações bancárias onde aparecem os nomes de pessoas favorecidas.

A investigação aponta desvios na ordem de R$ 30 milhões.

Somente a empresa controlada por familiares de Manoel Moraes foi beneficiada com depósitos, feitos em dinheiro, em valores acima de R$ 10 milhões.

Uma coletiva à imprensa, por delegados da PF, está agendada para às 10 horas.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui