No menu items!
24 C
Rio Branco
sábado, fevereiro 27, 2021

Comando da PM abrirá inquérito contra militar flagrado neste domingo com aparato eletrônico. Há suspeita de escuta ilegal

Últimas

O policial militar Fernando Freire Barreto responderá a um procedimento interno, por envolvimento em propagação de fake news e ataques cibernéticos a autoridades do Acre. O comandante da PM, coronel Paulo, disse ao acjornal, há pouco, que vai aguardar a remessa de alguns documentos, dentre eles o Boletim de Ocorrência, antes de solicitar a investigação da Corregedoria contra o militar.

Fernando Freire está lotado no gabinete do vice-governador, Major Rocha. Em sua casa, policiais civis cumpriram ordem judicial na manhã deste domingo para busca e apreensão de computadores e outros materiais de informática. A reportagem apurou junto à Polícia Civil que há suspeita de que o militar mantenha controle sobre escutas ilegais.

As autoridades policiais foram alertadas sobre um poder paralelo, com grande influência nas redes sociais, com a intenção de desestabilizar o governo por meio de notícias falsas.

“Independente de ele estar à disposição de alguém, ele é policial militar e como tal está sujeito à lei”, declarou o comandante. O militar terá prazo para apresentar sua defesa e estas informações serão confrontadas com os indícios levantados pelo delegado do caso.

O secretário Paulo César (Segurança) informou que o delegado do caso não pediu o afastamento do militar. Segundo o secretário, todo o material apreendido na casa do PM será entregue à Polícia Técnica, para perícia e busca de provas.

Dependendo do que for encontrado, o militar será afastado, podendo enfrentar um processo de expulsão da corporação.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui