No menu items!
24 C
Rio Branco
domingo, março 7, 2021

Com Covid e isolado, Bocalom dá adeus à campanha de rua e não poderá votar domingo

Últimas

Uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (T.S.E) publicada no início deste mês recomenda que qualquer eleitor diagnosticado com Covid a partir do dia 2 de Novembro não deve comparecer à urna de votação no próximo dia 15.

O candidato a prefeito de Rio Branco pelo PP, Tião Bocalom, estaria impedido de comparecer à sua sessão eleitoral para votar em si mesmo.

Tião Bocalom testou positivo nesta terça-feira e não apresenta sintomas severos da doença, segundo informou a sua assessoria. Todos os compromissos de campanha do candidato estão suspensos. O protocolo de contenção à Covid orienta que o paciente deve permanecer em casa 14 dias após a testagem.

A campanha corpo a corpo que o candidato vinha fazendo pelos bairros da capital acreana terminaria aqui com sua entrada em quarentena.

A candidata a vice, Marfisa Galvão, mulher do senador Sérgio Petecão, já foi orientada pelos marqueteiros a se manter na linha de frente das agendas.

Veja abaixo o que diz o trecho da portaria que trata da questão

Atualização da notícia

A assessoria do candidato anunciou na noite desta terça que ele vai tentar na justiça o direito de comparecer à urna para votar.

Só não explicou de que forma, e amparado em quais argumentos.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui