No menu items!
29 C
Rio Branco
domingo, novembro 29, 2020

Uso do Alvorada por Bolsonaro a fim de pedir voto para aliados surpreende ministros do TSE

Últimas

Canalhice: Militantes de Bocalom disparam vídeo de 2018 com Gladson pedindo voto para o 11

Mesmo com todo discurso de rigor anunciado pela justiça eleitoral do Acre, o segundo turno da eleição em Rio Branco se transformou na guerra...

Cientista avalia revés de Bocalom e subida repentina de Socorro Neri. Como será o amanhã?

O professor e cientista político Nilson Euclides da Silva entende que a prefeita Socorro Neri poderia vencer as eleições deste domingo se houvesse ao...

BMW assassina: desembargador nega pedido de Ícaro para substituir homicídio por crime de trânsito

A defesa do fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, denunciado pelo assassinato da jovem Johliane Paiva, sofreu mais uma derrota na Justiça. O advogado...

Eleições 2020: antes de sair de casa, consulte seu local de votação

Neste domingo, 29, antes de sair de casa, o eleitor de Rio Branco pode consultar o local onde deverá votar. O endereço está disponível...

Tião Viana é elogiado por salvar a vida de anônimos e famosos no Acre

Tão logo deixou o governo do estado em dezembro de 2018, o médico Tião Viana retomou suas atividades nos plantões médicos. O governador que saiu...

Ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manifestaram surpresa e estranhamento com as “lives” do presidente Jair Bolsonaro de dentro da residência oficial do Palácio da Alvorada nas quais pede votos para candidatos aliados nesta reta final das eleições municipais.

Em transmissões ao vivo, Bolsonaro tem aparecido ao lado de candidatos, transformando a residência oficial numa espécie de palanque eletrônico para aliados. Ele vem inclusive mostrando cartazes com o número de candidatos a prefeito e vereador e pedindo votos.

O presidente intensificou a campanha virtual de dentro do Alvorada depois de pesquisas indicarem um desempenho sofrível dos candidatos dele em capitais e grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Manaus e Santos.

Na disputa presidencial de 2014, a petista Dilma Rousseff usava o Alvorada para dar entrevistas, fazer reuniões e fazer gravações para a campanha à reeleição.

Como o Alvorada é a residência oficial dos presidentes, o TSE entendia como legal a utilização do espaço para essas finalidades.

Mas não há uma definição sobre o uso do Palácio da Alvorada como uma espécie de palanque eletrônico.

Um ministro do TSE ouvido pelo Blog disse ter dúvida em relação ao tema. Mas ressaltou que a Justiça Eleitoral não pode agir sem ser provocada.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui