No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, dezembro 3, 2020

Madrugada violenta em Sena: dois são assassinados

Últimas

Bocalom conseguiria governar sem contemplar vereadores com cargos na prefeitura?

O prefeito eleito Tião Bocalom acertaria em rejeitar indicações de vereadores para cargos no município. A declaração dele, segundo a qual  os parlamentares não...

Fantasmas no Mais Médicos: diretor afastado do Hospital do Juruá favoreceu estelionato, diz PF

O diretor Técnico do Hospital do Juruá teria favorecido a prática de estelionato contra a administração pública, entendeu a Polícia Federal. Marcos Melo foi...

Fraude no Mais Médicos: juiz manda sequestrar veículos, casas e outros bens; diretor do Hospital do Juruá é afastado

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, no bojo da operação “Choro de Hipócrates”, identificou que na região de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima,...

Veterinário, engenheiro e agrônomo: Governo do Acre divulga e homologa resultado final do concurso do Idaf

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf),...

helicóptero do governo volta em janeiro para cobrir Segurança e Saúde; Gladson vistoria manutenção

O governador Gladson Cameli esteve no hangar da empresa Líder no Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, vistoriando o helicóptero Esquilo B2 do...

A madrugada deste sábado, 14, no município de Sena Madureira, 144 km de Rio Branco, foi marcada pela violência.
Numa única ação, três criminosas mataram duas pessoas.
O duplo homicídio ocorreu na Rua Boulevard Augusto Monteiro, no Bairro Cafazel. De acordo com informações Maycon Barbosa de Souza de 38 anos e o adolescente Vitor Manoel da Silva de 17 anos, conversam quando foram surpreendidos pelos bandidos.
O trio teria falado algumas palavras e atirado contra as vítimas. Maycon Barbosa foi atingido na cabeça e morreu no local. Já o adolescente, baleado três vezes, chegou a ser socorrido, mas morreu enquanto era transferido do Hospital João Câncio Fernandes para o Pronto Socorro de Rio Branco.
As mortes podem estar relacionadas a guerra de facções criminosas. A polícia civil já investiga o caso.

.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui