No menu items!
27 C
Rio Branco
quinta-feira, dezembro 3, 2020

Gladson autoriza formação acadêmica para 452 futuros soldados; novos PM´s cobrirão déficit de 300 militares que serão aposentados

Últimas

Nicolau Junior parabeniza Ronald Polanco pela presidência do Tribunal de Contas do Acre

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), em nome da mesa diretora e todos os deputados, parabenizou o novo...

Bocalom, o todo poderoso da vez, não emplaca o Produzir Para Empregar se não quiser

O jornalista Altino Machado e o ex deputado Luiz Calixto lembram o invejável rol de apoiadores de Bocalom, em comentários bem festejarmos na rede...

Ismael Tavares pode ser o novo presidente do Podemos em Rio Branco.

Filiado no PODEMOS-AC, Ismael Tavares é o preterido do Vereador eleito Arnaldo Barros para presidente do diretório municipal do partido em Rio Branco. Ele...

Inimigo da educação: Bolsonaro enfraquece Fundeb e professores ficarão sem reajuste em 2021

A Portaria interministerial 3, do governo Bolsonaro, que altera a gestão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos...

“ Musa Fitness do crime” volta às redes sociais, cita Deus, vira ré e fica frente a frente com juiz

Presa em flagrante no dia 26 de agosto deste ano pelo crime de tráfico de drogas, Ivanna Alencar de Souza, que ficou conhecido como...

Os 452 aprovados para o cadastro de reserva da Polícia Militar do Acre já devem se preparar para o curso de formação de soldados. O governador Gladson Cameli anunciou a contratação, pessoalmente, eu encontro com os futuros militares, na tarde desta terça-feira.

O comandante geral da PM, coronel Paulo Cézar, disse ao acjornal nesta manhã, que já recebeu a determinação do governador para produzir o edital de convocação. “Fevereiro é o prazo esticado devido à pandemia. Queremos chamar esse pessoal bem antes, para que todos iniciem a sua formação”, declarou o comandante. Os convocados receberão salário equivalente nos nove meses de aula.

O comandante disse que o novo efetivo dará sobrevida à corporação, uma vez que 300 militares estarão aposentados até o final do ano que vem. “Há muitas solicitações de novos praças no interior. Esse déficit será corrigido muito em breve e a nossa Segurança dará um salto de qualidade”, disse otimista o comandante.

Vejam abaixo o anúncio feito pelo governador




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui