No menu items!
29 C
Rio Branco
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Gladson aciona MPE, confirma exoneração de todos os cargos políticos do Depasa e a volta da Sanacre

Últimas

O governador Gladson Cameli informou há pouco que todos os cargos de natureza política do Depasa serão exonerados. A primeira leva de exonerações sairá no Diário oficial desta quarta-feira. Até a sexta-feira o governo deve encerra o “limpa” na empresa que responde pelo saneamento em todo o estado.  Cameli disse que pedirá uma investigação do Ministério Público para apurar suspeitas de corrupção que se arrastam há vários meses.

“Vou despolitizar o Depasa. Não tem mais cabimento”, declarou Gladson. “Voltaremos com a Sanacre com um foco prioritário na valorização dos servidores”, informou o governador.

O governador determinou à Procuradoria Geral do Estado (PGE) a confecção de um projeto para reativar a Sanacre, a extinta companhia de saneamento do Acre. A mensagem do executivo, com as justificativas, será encaminhada para votação na Assembléia Legislativa. A idéia é reativar a Sanacre e fazer a migração dos trabalhadores.

O Deracre já está assumindo as obras de responsabilidade do departamento, e assim será até que a nova estrutura seja montada.

Nesta tarde, o acjornal publicou uma série de reportagens sobre escândalos envolvendo diretores do Depasa. As denúncias falam em troca de cargos nas empresas terceirizadas por sexo. Esquemas envolvendo o abastecimento de veículo também são mencionados.

O presidente da empresa até meados de julho, Sebastião Fonseca, apadrinhado do senador Márcio Bittar, foi exonerado por corrupção. Seu primo, Aruda Mamed, diretor Administrativo e Financeiro, é citado como alguém que paga salários, em espécie, a trabalhadores sem carteira assinada. O Depasa, por meio de sua assessoria, disse que não vai se pronunciar.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui