No menu items!
22 C
Rio Branco
terça-feira, janeiro 19, 2021

PSDB é acusado de usurpar o CNPJ de partido aliado na coligação pró Minoru Kinpara; entenda

Últimas

O PSDB do Acre é acusado de usar indevidamente o CNPJ do Cidadania, partido aliado na coligação que tentou eleger o professor Minoru Kinpara prefeito de Rio Branco. Serviços gráficos foram contratados junto a uma empresa de Vilhena (RO).

Proprietários da gráfica confirmam, em entrevista ao acjornal, que o contratante do serviço é o tesoureiro do PSDB, Rômulo Carvalho (ouça gravação abaixo). “Temos conversas registradas. Ele diz que o Cidadania é devedor, mas a transação comercial foi feita com o partido tucano.

O presidente do Cidadania no Acre, Rômulo Barros, diz que em nenhum momento o partido fez contato com a empresa de Rondônia (veja no vídeo acima). Ele cita o presidente do partido, Correinha, e o vice-governador, Major Rocha (PSL), como responsáveis por costurar acordos na intenção de eleger Minoru.

“Esse serviço é parte do acordo feito com o PSDB para garantir uma estrutura mínima dos nossos candidatos”, disse.

A reportagem buscou explicações do tesoureiro tucano. Rômulo Carvalho negou tudo, mas é desmentido pela empresa que prestou o serviço.

Ouça abaixo a reação dele:

 

Com a fatura na mão e sem caixa, o Cidadania diz que procura, sem sucesso, contato com os dirigentes tucanos.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui