No menu items!
28 C
Rio Branco
sábado, janeiro 16, 2021

Juiz condena a 14 anos policial penal do Acre que tentou facilitar fuga em massa de presos do CV

Últimas

O policial penal Adevaní Silva Gonçalves foi condenado a 14 anos, 10 meses e 10 dias.
A decisão foi do juiz da vara de delitos de organização criminosa.
O agente de segurança foi condenado por três crimes: tentativa de fuga em massa, corrupção passiva e por integrar organização criminosa.

Os crimes, de acordo com a denúncia do MP, foram praticados pelo policial penal em junho deste ano durante um plano de tentativa de fuga em massa de lideranças do comando vermelho do presídio Manoel Nery, em Cruzeiro do Sul.

A investigação revelou que o policial penal recebeu dinheiro para facilitar a fuga. “Ele chegou a trocar de plantão, repassou informações privilegiadas e tentou impedir que o alerta de fuga fosse acionado”, disse o promotor de justiça Bernardo Albano.

A tentativa de fuga, que pretendia resgatar 33 presos do Comando Vermelho, foi frustrada por uma operação conjunta das forças de segurança do estado. Na ação policial dois criminosos foram presos. Os policias apreenderam também 5 armas de fogo, munições e baldes com grampos de metal para furar pneus das viaturas.
Uma caminhonete modelo Hilux foi interceptada pela PM. O policial Penal Adevaní Silva Gonçalves deve perder do cargo público.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui