No menu items!
23 C
Rio Branco
quarta-feira, janeiro 27, 2021

Prefeito de Cruzeiro do Sul deixa 303 trabalhadores da Saúde sem salário e décimo-terceiro

Últimas

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul é acusada de reter os repasses de uma fundação com  303 trabalhadores na área da saúde. O convênio foi cancelado de forma unilateral e ilegalmente, diz o diretor da fundação, João de Pintor. Em áudio enviado ao acjornal, ele diz que está movendo ação judicial contra o município, pedindo que os repasses sejam retomados e os funcionários possam receber os salários de dezembro e o décimo-terceiro. O prefeito da cidade não justificou o distrato, segundo João do Pintor. Ouça o áudio acima

No áudio, nossos repórteres, após a entrevista com o diretor, conversa com os trabalhadores prejudicados.

A assessoria do prefeito não foi localizada.

 

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui