No menu items!
23 C
Rio Branco
quarta-feira, janeiro 27, 2021

Morte do picolezeiro: policial penal é indiciado por homicídio; disparos foram pelas costas

Últimas

O Policial Penal Alessandro Rosas Lopes foi indiciado pelo crime de homicídio. O flagrante foi finalizado no início da noite deste sábado, 12, pelo Delegado Adriano Araújo. Durante o interrogatório o Policial Penal utilizou o direito constitucional de permanecer em silêncio.

Neste domingo o procedimento de flagrante será levado para o judiciário. Na audiência de custódia o juiz vai decidir se homologa ou não o flagrante.

O crime ocorreu após uma confusão generalizada num bar do Conjunto Esperança. O policial penal chegou com um amigo para comprar bebidas. Testemunhas disseram que houve confusão generalizada. O policial foi ferido com uma facada na altura do ombro. Ele foi até o carro, apanhou a arma e fez dois disparos contra Gilcimar.

O levantamento da polícia aponta que Alessandro Rosas atirou no picolezeiro Gilcimar Honorato pelas costas. Foram dois disparos de uma pistola ponto 40. Em nota, a Associação dos Policiais Penais do Acre disse ter havido legítima defesa.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui