No menu items!
28 C
Rio Branco
sábado, janeiro 16, 2021

Policial Penal mata vendedor de picolé a tiros em Rio Branco

Últimas

O Policial Penal Alessandro Rosas, conhecido como Guererinho, matou um vendedor de picolé Carlos Alberto Ricardo da Silva com dois tiros.

O crime aconteceu na manhã deste sábado, 12, no Conjunto Esperança, em Rio Branco.
De acordo com informações o Policial Penal estava em bar, quando um homem chegou e trocou a música. Testemunhas informaram que Guerrerinho foi tirar satisfação com o desconhecido.

A partir daí teve início uma discussão que evoluiu para uma luta corporal. Carlos Alberto, que passava pelo local teria tentando separar a briga. Mas passou a ser agredido pelo Policial Penal.

O ambulante correu em direção a uma as ruas do conjunto esperança. Guerrerinho foi atrás da vítima e, usando uma pistola do Instituto de Administração Penitenciaria do Estado, fez dois disparos contra o picolezeiro. Carlors Alberto Ricardo da Silva morreu antes da chegada do SAMU.

Alessandro Rosas foi detido pela Policia Militar e encaminhado a DEFLA. Aos policiais ele disse que o ambulante teria sacado uma faca e, ferido seu braço. Por isso, teria atirando na vítima.

O policial Penal, integrava o Gpoe, o grupo de elite do IAPEN. O acusado é também instrutor de armamentos e de tiros e tem diversos cursos operações, a maioria fora do estado.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui