No menu items!
26 C
Rio Branco
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Caso Johnliane Paiva: Juiz nega revogação da prisão preventiva de Ícaro e Alan

Últimas

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto e o estudante Alãn Araújo tiveram os pedidos de revogação das prisões preventivas negados. A decisão foi do Juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar Alesson Brás, ao final de audiência de instrução e julgamento do processo, realizada nesta quarta-feira, 16.
Os pedidos da revogação das prisões foram feitos pelos advogados dos réus, que entenderam não haver mais motivos para mantê-los em cárcere.
Durante o interrogatório Ícaro Pinto e Alãn Araújo negaram  que estivessem participando de racha. Após o final da audiência foi aberto o prazo para as alegações finais, que são os últimos argumentos do Ministério Público Estadual e dos advogados. Finalizada esta etapa o Juiz Alesson Brás vai decidir se os réus serão ou não levados a júri popular. A expectativa é que a sentença de pronuncia ou impronuncia seja divulgada na semana próxima semana.
Enquanto isso, familiares e amigos pediam justiça do lado de fora do tribunal.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui