No menu items!
28 C
Rio Branco
sábado, janeiro 16, 2021

Trágico: “estou mal. Não dormi”, diz militar ao ver irmãos de 2 e 4 anos, abraçados e carbonizados, em incêndio neste sábado, em Rio Branco

Últimas

Não houve quem não tenha se comovido numa das ocorrências policiais mais difíceis para os profissionais das forças de segurança do Acre, neste sábado. Bombeiros, PM´s e até os funcionários do IML, habituados com cenas extremamente fortes, se emocionaram. Choraram pra valer, ao avistarem dois irmãos de 2 e 4 anos, abraçados, carbonizados, no incêndio supostamente acidental numa casa humilde do Bairro Portal da Amazônia, em Rio Branco.

A imagem de um bebê de cinco meses, também carbonizado, aumentou a comoção do grupo, que derramava lágrimas em silêncio enquanto cumpria a missão de resgatar os corpos para identificação. À medida em que as circunstâncias da tragédia se esclareciam, os plantonistas do Samu se juntavam aos demais colegas, numa cena igualmente marcante.

As crianças maiores teriam se abraçado ao perceber que um corrente de aço travava a porta, pelo lado de fora, e eles não conseguiriam escapar das chamas.

Houve tempo para indignação, com a mãe das crianças, que estava num bar, bebendo, e havia deixado os filhos em casa, sozinhos.

“Eu não dormi. Estou mal até agora. Foi muito triste aquilo”, disse um militar, nesta manhã, ao acjornal.

A mãe das crianças está presa e responderá por abandonos de incapazes e triplo homicídio




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui