No menu items!
26 C
Rio Branco
quinta-feira, janeiro 21, 2021

Gladson manda polícia encerrar confraternizações públicas com mais de 10 pessoas; baladas estão proibidas após 18h dos dias 24/12 e 31/12; VEJA LOCAIS

Últimas

Em todo o Estado do Acre, até o dia 1 de janeiro de 2021, as atividades abaixo relacionadas só poderão funcionar com, no máximo, cem pessoas. São elas: bares, restaurantes, lanchonetes, barracas, casas noturnas, boates e similares e confraternizações de qualquer natureza em clubes, condomínios (nos espaços comuns e salões de festas), espaços públicos, hotéis, além de shows musicais e pirotécnicos, em ambientes abertos ou fechados, com ou sem a cobrança de ingressos, estarão limitadas a 30% da capacidade de ocupação do local, limitado até 100 (cem) pessoas, independentemente das próximas reclassificações que houver no período.

Os participantes deverão usar máscaras e fazer a higiene pessoal, a cargo dos promotores dos eventos.

Mas….atenção:

Tais atividades estarão proibidas a partir da 18h do dia 24 de dezembro até às 11h do dia 25 de dezembro, bem como de 18h do dia 31 de dezembro até às 11h do dia 1º de janeiro de 2021.

Um decreto assinado pelo governador secretário Alisson Bestene (Saúde) tem o aval do Gladson Cameli, e foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (21), alertando que os estabelecimentos poderão, se quiserem, fazer atendimentos ao público pela modalidade delivery (entrega de alimentos e demais a produtos mediante agendamento por telefone).

O Governo também proíbe a aglomerações de pessoas em espaços públicos.

A polícia está orientada a encerrar festas e encontro de pessoas fora desses horários, e que contenham número de pessoas acima do permitido.

O governador lembra que o Acre registra aumento substancial nos patamares de infecção – o que indica aumento da cadeia de transmissão por Covid nas últimas semanas.

“No mês de dezembro, a taxa de ocupação de leitos clínicos no INTO, unidade de tratamento de referência para Sars-Covid, passou para 80,5% de ocupação, sendo que, em relação aos leitos de UTI, a taxa de ocupação atingiu 70,5%. Na rede assistencial privada, no mês de dezembro, os leitos clínicos e de UTI se esgotaram, sendo os pacientes encaminhados para a rede pública”, diz o decreto.

A decisão de limitar pessoas e proibir atividades festeiras em certos horários também foi motivada pela seguinte situação: a gestão epidemiológica baseada em evidências científicas e antevendo um cenário de aumento de notificações por síndrome
gripal

 




- Advertisement -

Mais notícias

1 COMENTÁRIO

  1. Toque de Recolher das 22h as 6h, exceto para quem estiver trabalhando, enquanto durar a pandemia. Basta se ver todas as noites dezenas se desocupados reunidos em espaços públicos consumindo bebidas, usando drogas e ainda contaminando e sendo contaminados pela covid. São esses vagabundos que ocupam as UTI’s e pais e mães trabalhadores morrem por falta delas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui