No menu items!
30 C
Rio Branco
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Blog do Assem: o dia em que o PV e o PC do B do Acre deram uma surra que PT

Últimas

Toda araruta tem seu dia de mingau. Foram décadas de uma disputa que se travou no meio da esquerda mais autêntica. A reportagem não incluiu o PSB por este ter pouca tradição no movimento social, notadamente no ativismo sindical, estudantil e comunitário.
Na recente eleição, mesmo sem conseguir eleger um vereador, o Partido Verde foi a legenda que mais somou votos na capital. Foram 4.119 sufrágios contra 3.996 do PC do B e 3.205 do Partido dos Trabalhadores.
Um ex-dirigente do PV que preferiu ficar no anonimato ironizou com surrado ditado popular: “Um dia caça, outro do caçador”.  Disse também que nenhum partido de esquerda é soberano.

Já o histórico militante comunista, José Uchoa, destacou o refluxo que a esquerda passou a viver, principalmente depois das eleições de 2018. “Temos dificuldades de alinhar um discurso e também de fazermos uma autocrítica”. Foi sensato e coerente.

Para o vereador petista Rodrigo Forneck, o resultado é o reflexo da rejeição que o partido acumulou ao longo das últimas décadas. “Sequer formamos uma chapa competitiva, ou seja, tínhamos apenas dez candidatos a vereador”, comentou o político, acrescentando que polarização entre Socorro Neri X Bocalom também enfraqueceu a chapa proporcional.
Ainda assim…..haja soberba




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui