No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, janeiro 28, 2021

Prefeito eleito do Acre descumpre medida sanitária e anuncia festa de posse com aglomeração

Últimas

Prefeito eleito de Porto Walter César Andrade e seu vice Guarsônio Melo desafiam determinação do MP e vão fazer festa na cerimônia de posse, com público presente.
O Comitê Estadual de Enfrentamento à COVID publicou as regras para que os eleitos possam se restringir e realizar as cerimônias de maneira on-line, o que está sendo ignorado no caso de Porto Walter.
A solenidade acontecerá neste dia 1º de janeiro a partir das 08:00 horas da manhã no Ginásio Municipal da cidade. A fonte que nos repassou a informação se diz indignada, pois segundo ele a festa de posse do prefeito eleito de Porto Walter César Andrade (MDB), vai acontecer por vontade do atual Zezinho Barbary (MDB).
“Aqui só teve rigor no início, quando estavam todos com medo, agora não se vê uam ação de combate ou prevenção e o prefeito lavou as mãos de cuidar de nossa saúde”, disse o servidor público que não quis se identificar.
O denunciante também disse ainda que a secretaria de saúde não comprou mais testes, nem remédios para quem apresentar sintomas do COVID-19 e que a festa cheia de populares é uma demonstração de descaso.
Com pouco mais de 13 mil habitantes, Porto Walter apresentou até aqui 327 casos de pessoas infectadas pelo Covid-19. Os números podem ser o dobro, mas a secretaria de saúde do município parou de comprar os testes, ignorando completamente os cuidados com o vírus.
O convite para a cerimônia de posse do prefeito eleito e do seu vice circula em diversos grupos de WhatsApp, e até na rádio local é feita a convocação da população para a festa. O convite não menciona os cuidados que o prefeito deveria ter para prevenir o contágio pela doença.
A resolução que trata da medida, assinada pelo Coordenador do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, secretário de Saúde, Alysson Bestene, foi publicada na edição do dia (21) deste mês no Diário Oficial do Estado (DOE). Nem mesmo o distanciamento social está permitido.
A determinação foi ratificada pelo Ministério Público do Acre, que vê com preocupação o aumento de casos da COVID -19 no estado e por isso reforça a medida.
Ainda segundo o documento, estão proibidas festas e outros eventos comemorativos que gerem aglomeração por conta dos atos de posse tanto em locais públicos como privados.
Tentamos contato com o prefeito eleito, mas até o fechamento da pauta não obtivemos sucesso.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui