No menu items!
25 C
Rio Branco
quinta-feira, janeiro 28, 2021

Socorro deixa prefeitura superavitária e a 2ª mais transparente do país: “fazer o certo sempre vale a pena”

Últimas

Servir ao povo é o que me move em toda a minha vida pública, disse a ex-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), na transmissão de posse ao eleito, Tião Bocalom (PP).”Fui prefeita com muita honra nesses dois anos e nove meses. Esse povo vive sob condições muito adversas. Temos problemas históricos que necessitam de solução urgente, e outros de menor gravidade. Rio Branco ainda não encontrou os rumos do seu desenvolvimento”, disse Neri, citando a falta de perspectivas, infraestrutura e o desemprego.

“Tive que ser mais dura, desagradei partidos e lideranças, mas a máquina pública é prioridade. Deixo um orçamento superior mais de R$ 72 milhões de superávit para que o prefeito Bocalom implemente ações que considera importantes, e que defendeu na campanha eleitoral. Deixo uma prefeitura que atende aos limites constitucionais, em obediência à Lei de Responsabilidade Fiscal. Nosso gasto com pessoal hoje é de apenas apenas 43.7%. Investimos mais que o previsto em lei na saúde e educação”, relatou.

“Fazer o certo sempre vale a pena. Estou na torcida para que o prefeito Bocalom faça uma gestão feliz, de sucesso. Eu sei que suas intenções são as melhores. Receba esse desejo, firme, de coração, de alguém que sai com o coração em paz, privilegiada e honrada por ter sido prefeita do nosso município”, disse a prefeita, sendo muito aplaudida após seu pronunciamento”, disse.

“Somos a segunda melhor nota em transparência entre as capitais, a de melhor qualidade em educação, a segunda melhor nota do Ideb, e uma das com melhor equilíbrio fiscal. Ressalto a parceria com a Câmara Municipal. Meu obrigado a todos os vereadores da base e de oposição. Todos, em algum momento, aprovaram projetos de interesse da nossa população”, disse.

“Por mais empenho e esforço de um gestor público, nem tudo se resolve”, disse a ex-prefeita. Para ela, é preciso cuidado para não colocar nas costas do prefeito toda a culpa por situações negativas que afligem a população”, finalizou.

Em seguida, Bocalom faria seu dicurso, enaltecendo o respeito mútuo e reconhecendo que  ela conseguiu sanear uma prefeitura com problemas. Eu sei que estou recebendo uma prefeitura saneada”, disse Bocalom.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui