No menu items!
26 C
Rio Branco
terça-feira, abril 20, 2021

Transacreana: médica do Samu nega atendimento a criança com perna quebrada. “Omissão” gera revolta

spot_img

Últimas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) negou atendimento a uma criança de 13 anos com a perna quebrada. O menino, que levou um coice de um burro, viajou na carroceria de uma Toyota por 50 quilômetros de ramal até a margem do asfalto – faltando 80 quilômetros para chegar em Rio Branco. O resgate do garoto foi feito por um toioteiro que faz a linha para Sena Madureira.

imagem removida…

O contato com o Samu foi feito por familiares do garoto, mas a médica argumentou que não seria possível o deslocamento da ambulância “por ser muito longe”. Veja os print´s acima, em que a médica do Samu sugere levar a criança para Sena Madureira, numa difícil viagem por mais de 200 quilômetros.

“Isso é negligência. Isso é descaso com o ser humano”, disse Marcondes Lima, um desconhecido da família que fez a denúncia à reportagem.

A toyota quebrou. O motorista decidiu trazer o garoto, mas a viagem é bastante le

Uma viatura dos bombeiros foi autorizada a buscar o menino, diante da negativa do Samu. O Relações Públicas dos Bombeiros, Major Falcão, confirmou que a assistência está a caminho.

 




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui