No menu items!
22 C
Rio Branco
terça-feira, janeiro 19, 2021

Gaytanic: embarcação que recebia festa com 60 gays naufraga

Últimas

Celebração de Réveillon no México não terminou bem. Todos foram resgatados

Uma comemoração de réveillon quase terminou em tragédia no mar, no último dia 31.

Por volta das 17h daquele dia, um catamarã naugrafou em Cabo Corrientes quando se preparava para voltar para Puerto Vallarta, no México.

À bordo estavam 60 homens – o  passeio era exclusivo para gays -, que começaram a pular na água ao ver a embarcação afundando.

Relatos da mídia local apontam falha mecânica. A proa (parte dianteira) do barco começou a afundar, o que fez entrar água na casa das máquinas e parar o motor.

Dezenas de barcos de pescadores se aproximaram do local, na Praia Quimixto, e resgataram todos os turistas, que usavam colete salva-vidas.

A embarcação pertencia ao grupo PV Delice Party Cruises, que organiza cruzeiros gays, e fazia um tour pela costa do Estado de Jalisco.

No site da empresa informa-se que o passeio no dia custava US$ 150 (cerca de R$ 790) com bebida liberada.

Um turista de Chicago (EUA), Emilio Blanco, relatou, nas redes sociais, que o barco afundou devagar. “Foi como o Titanic, foi tudo lentamente”, disse.

“Creio que a tripulação não sabia como manobrar muito bem o catamarã, o mar não estava muito agitado, nem havia muito vento.”

Nas redes sociais do país, alguns gays fizeram trocadilho com o mais famoso acidente no mar de todos os tempos, chamando o barco de “Gaytanic”.

Ninguém se feriu e a embarcação continua no fundo do mar.

Fonte: Guia Gay São Paulo




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui