No menu items!
24 C
Rio Branco
segunda-feira, abril 12, 2021

Sem opções, Bocalom se arrisca com secretariado sem afinidade para o cargo

spot_img

Últimas

Por não ter valorizado como deveria o processo de transição, Bocalom tomou decisões arriscadas e que podem alijar a estrutura administrativa da prefeitura. Primeiro que Bocalon é um dos poucos entre os 22 prefeitos que iniciam a gestão com uma prefeitura saneada e com recursos em caixa, além da máquina administrativa alinhada e funcionando bem.

Juntar secretarias que não tem afinidades de ações e políticas públicas é uma atitude clara de quem não se preparou para a modernidade e ainda acha que vai dirigir Acrelândia de 16 anos atrás. Pior: é arriscado demais escolher determinados quadros sem afinidade para as pastas que irão ocupar. O que Marfisa, a vice, entenderia de Esportes? Joabe, da Zeladoria, um publicitário, entenderia o quê de Meio Ambiente?

A maioria é do estado e está cedida ao município.

Bocalon acha mesmo que economizar em salários de um ou dois secretários é sinônimo de boa gestão. Ou, o que é mais correto afirmar, ele não encontrou quadros preparados e qualificados no grupo de aliados para as funções – leia-se PP e PSD.

Serão 90 dias de experimento até que, de fato, saia a tão esperada reforma e s equipe definitiva seja anunciada.

Ao relacionar as pastas acumuladas por um único gestor, de cara já é possível identificar as incoerências e o risco assumido pelo novo prefeito.

Mas ele acerta em cumprir a promessa de não ceder às pressões de vereadores e outros aliados, um bando de urubus que não está preocupado na qualidade do serviço prestado pelo poder público e prioriza, naturalmente, a acomodação de seus redutos eleitorais.

Marfisa de Lima Galvão

Além de vice-prefeita, irá exercer o cargo de Secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. Como Bocalon acha que a Política de assistência social é fichinha, resolveu nomear Marfisa como Diretora Presidente da FGB – Fundação Garibaldi Brasil, que responde pela Cultura e Esporte na gestão. O arranjo pode até dar certo, mas a economia feita com um ou dois secretários pode se transformar em perdas incalculáveis.

Não tem um ativista cultural, nem desportivo, no grupo que ajudou eleger Bocalon? Deixamos a pergunta para quem pode responder.

Antônio Cid Rodrigues Ferreira

Secretário Municipal de Finanças, que é uma atribuição delicada e que necessita de muita dedicação, foi chamado pelo prefeito para responder cumulativamente, pelo cargo de Secretário Municipal de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação.

Que raios de afinidade há entre contabilidade, finanças e Informática?

Joabe Lira de Queiroz

É um publicitário, que entende bem de Marketing, mas vai exercer o cargo de Secretário Municipal de Zeladoria da Cidade e Meio Ambiente. Pois é, mais uma incoerência que só o próprio Bocalon poderá explicar.

Artur Liborínio dos Santos Lima Neto

Secretário Municipal de Planejamento, foi incumbido de responder, cumulativamente, pelo cargo de Secretário Municipal da Casa Civil. Homem forte da campanha, Artur acumula duas das pastas mais cobiçadas de uma administração. É um dos quadros mais competentes.

Valmir Alexandre Médici

Esse é o da polêmica criada por ser tio do ex-prefeito Marcus Alexandre do PT. Valmir é Secretário Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, e responderá, cumulativamente, pelo cargo de Diretor-presidente da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco.

Ailton Oliveira

Jornalista antigo, mas afastado da função há muitos anos. Não tem experiência em gestão e precisa ter o hábito de atender telefone. É uma indicação mais familiar do que propriamente técnica. Deve se dedicar muito ao ofício, ou não dará conta do recado. Exige de um comunicador maior presteza e agilidade.

Nabiha Bestene

Sua maior missão é manter a Educação de excelência herdada da prefeita Socorro Neri. É professora, experiente, já foi gestora noutras épocas, mas a realidade é outra. Precisa se cerca de boas assessorias.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

1 COMENTÁRIO

  1. Quero só ver quando o sec de finanças começar o tratamento nada educado que ele costuma dispensar aos servidores.
    AGUARDAR NOS BASTIDORES!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui