No menu items!
24 C
Rio Branco
segunda-feira, abril 12, 2021

Você vai tomar a vacina ou esperar pegar Covid? Veja as respostas

spot_img

Últimas

O acjornal cronometrou 40 minutos em diálogo com cidadãos adultos, no Centro de Rio Branco, e não encontrou quem opinasse contra a vacina anti Covid. Catorze pessoas disseram aguardar a chegada das doses e o chamamento do governo para a imunização. Outras duas afirmaram que esta decisão já foi tomada antes mesmo dos testes feitos pelas farmacêuticas. “Há muita fake news sobre o assunto. Isso esconde uma briga por interesse de poder que não pode se sobrepor à saúde pública. Ainda bem que aqui no Acre o governador tem se afastado desses intrigas. Eu não vou tomar a vacina por que as autoridades recomendam. Vou tomar por que eu não quero pegar essa doença escrota”, declarou a aposentada Ismênia Cardoso voltrano. A idosa de 71 anos perdeu uma sobrinha, médica, que morava em Manaus.
Vela outros depoimentos:
“Como profissional em saúde, não posso ignorar a ciência e muito menos ser negligente com a minha saúde. Essa vacina já foi testada pelos fabricantes e pela Anvisa. Aqui no Huerb, todos os servidores tomarão”
Elzuite Holanda da Silva, 45 anos, técnica em enfermagem
“Por que eu vou tomar essa vacina? Ora, eu sou do grupo de risco (diabético) e não quero contrair essa doença.
Tenho família para cuidar e também proteger. Essa doença é traiçoeira e misteriosa”
Francisco Passos de Araújo, 57 anos, comerciante
 “Não está comprovado que a imunização dessa pandemia sem ser pela vacina. Ela já passou pelos tramites científicos e burocráticos. Eu não contrai a covid-19 e não quero passar pelo que eu vi outras passando”
Francisco Phantio, 38 anos, ativista político
“Eu sou a favor e vou tomar. Não posso ficar vulnerável esperando terminar disputas políticas”
Rondiney Dourado, 40 anos, professor
“Eu confio na vacina liberada pelo Instituto Butantã, principalmente por ser uma instituição científica centenária. A Corovavaq representa cem por cento de segurança e governo federal está sendo negligente com essa questão”
Karena Cristina Vale D’Albuquerque Lima Matos da Costa, 28 anos, Desgner gráfica
“Eu tenho mestrado e sou técnica da Sepa, portanto, estudei. Eu confio nos órgão de controle e principalmente na ciência”
 Soraya Lima, 55 anos, agrônoma




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui