No menu items!
24 C
Rio Branco
segunda-feira, abril 12, 2021

Censura: âncora da TV Record será demitida por criticar governo Bolsonaro

spot_img

Últimas

Segundo informações do colunista Sandro Nascimento, do NaTelinha, Adriana Araújo deixará a Record em março deste ano, após 15 anos de casa. O contrato da jornalista chegará ao fim, e a renovação é considerada como “muito improvável” pela diretoria da emissora.

Adriana Araújo trabalhou como âncora do Jornal da Record, tendo deixado o posto em junho de 2020, após ter feito críticas ao governo de Jair Bolsonaro em sua rede social, pedindo mais transparência no combate a Covid-19. A postagem teria incomodado o alto comando da emissora.

Ainda segundo informações do colunista do NaTelinha, o próximo destino de Adriana Araújo na televisão deverá ser a CNN Brasil.

Fonte: Isto É Independente

 




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui