No menu items!
23 C
Rio Branco
segunda-feira, março 1, 2021

“Desumanos”, reage Gladson sobre internautas que não aceitam o Acre ajudar pacientes do Amazonas

Últimas

A notícia de que o governador Gladson Cameli estaria cedendo 10 leitos de UTI’s para pacientes de Manaus, que enfrentam maior pico de COVID-19 desde o início da Pandemia, foi elogiada pela grande maioria dos internautas, mas criticada por alguns “desumanos” de rede social.

Umas das críticas tirou o governador do sério.

Gladson emitiu uma nota escrita de próprio punho justificando seu gesto de solidariedade com os irmãos do Amazonas.

Veja a crítica

”O governador é um irresponsável, como pode trazer uma mutação do novo coronavirus mais forte do que o primeiro, para Cruzeiro do Sul, estamos fazendo um grupo no Whatsapp pra organizarmos um protesto na quarta-feira (20/01), em frente o hospital de campanha aqui da cidade, esse vírus já matou várias pessoas em nossa região, e ele vai trazer um pior ainda, não to acreditando nisso” Disse Madson.


Em seguida o governador questionou

Não pode? Falta de sensibilidade, então vamos deixar pessoas morrerem?
Falta sensibilidade, onde está a sensibilidade? Quantos pacientes foram para Manaus para tratamento através do TFD? Temos que ter mais compaixão com o nosso próximo. Pessoal, isso é desumano, sou um ser humano”

Outros internautas repercutiram a notícias em redes sociais;

Gabryella Nepomuceno – É um ato solidário e eu concordo com o governador.
O vírus é no mundo todo, não vai ficar só em Manaus não, lá no momento está sendo pior. Pessoal tem que ter mais solidariedade isso sim

Adriano Francelino – Bando de besta porque que não se organiza pra estarem ajudando aquele povo que hoje sofre pelo o desgoverno que tem ai fica criticando o governo do Gladson queria ver se ele estivesse feito esse hospital de campanha desmontável queria ver essa choradeira toda. Bando de besta sem coração.

Francisco Panhio – Tenho dó e piedade desses que criticaram porque o Acre vai ceder 10 UTI’s para pacientes de Manaus! É quase impossível acreditar que um ser humano normal não se sensibilize com o tamanho da tragédia que vive o Amazonas, a ponto de criticar o socorro que o Acre felizmente pode dar. Quantas pessoas saem do Acre para se tratar fora do estado? Talvez muitos são familiares de quem criticou.
Faz uma semana que o governo do Amazonas doou para o Acre 600 mil em medicamentos, ou alguém já esqueceu? A saúde é um direito universal e a solidariedade só tem quem é ser humano.

Depois de seu gesto solidário, o governador soltou uma segunda nota em que justifica a decisão de estender a mão ao Amazonas. Leia:

O Amazonas é o maior estado em dimensões do Brasil. Também se faz grande pela maravilhosa gente amazonense. Ali estudei, fiz amigos e, vivi uma parte da minha vida. Como governador do Estado do Acre, vizinho e amigo do Estado do Amazonas, juntamente com meu time governamental e minha gente acreana, me coloco à disposição de cada irmão amazônida, tanto em oração, quanto no apoio que se fizer necessário neste momento de tão duro ataque da pandemia do coronavírus. Ao amigo e governador Wilson Lima, aos prefeitos de cada município, os quais faço representar pelo gestor eleito da cidade de Manaus, Davi Almeida, deixo registrada minha solidariedade e total apoio.

A cada vida perdida, uma dor que se expande por todo nosso coração. Estamos juntos nessa batalha. O Amazonas é grande e vencerá essa crise o mais breve possível. Assim cremos e por isso nos dispomos.
Contem com o Acre!

Gladson Cameli
Governador do Estado do Acre




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui