No menu items!
24 C
Rio Branco
segunda-feira, março 1, 2021

Com salários, férias e 13º atrasados, motoristas e cobradores esperam por Bocalom e ameaçam nova paralisação em Rio Branco

Últimas

A novela do caos no sistema de transporte coletivo da capital acreana parece não ter fim – não por enquanto, aa depender dos trabalhadores das empresas que operam em Rio Branco.
Na manhã desta quarta-feira (20), os trabalhadores fizeram uma paralisação de advertência novamente. Segundo um representante da categoria, Mauro Sérgio, os trabalhadores estão na mesma situação.

“Estamos trabalhando por amor a sociedade, nós continuamos sem receber férias, salários e ninguém faz nada. O prefeito Tião Bocalon prometeu melhorar o sistema, mas para melhorar, precisa valorizar também os trabalhadores”, desabafou Mauro.

Em dezembro eles chegaram a paralisar 100% da frota e fecharam ruas e avenidas da cidade, em uma tentativa desesperadora de convencer os patrões a pagar seus vencimentos de dezembro e 13º salário.
Uma ação da justiça os obrigou a retomar os trabalhos e paralelamente irem negociando com os empresários, que faziam lobby para ter um adiantamento dos repasses da prefeitura de Rio Branco, este rejeitado pela câmara municipal.

O problema se arrastou e agora está nas mãos do novo prefeito Tião Bocalom (PP), que se elegeu prometendo revolucionar o transporte público da capital, mas que até aqui não se tem uma declaração de um plano para que isso aconteça.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui