No menu items!
22.3 C
Rio Branco
segunda-feira, junho 21, 2021

No Itamaraty, Gladson abre tratativa para fechar fronteiras com Peru e Bolívia. Rocha vai a Assis Brasil, Brasiléia e Epitaciolândia

spot_img

Últimas

O vice-governador Major Rocha terá agenda intensa em Epitaciolândia, Assis Brasil e Brasiléia, nesta quinta-feira, a pedido do governador Gladson Cameli. Rocha reencontrará autoridades dos três municípios e deve retornar com um planejamento para fechar as fronteiras do Brasil com Peru e Bolívia a partir do Acre.

Gladson, que cumpre agenda em São Paulo, já buscou autorização do Itamaraty após longa conversa, por telefone, com o ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores). O governador expôs a preocupação, dele e das autoridades sanitárias locais, sobre a evolução no número de casos de Covid no estado.

“Estou muito preocupado com o avanço da nova variante do coronavírus. Por isso, em conversa por telefone com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, solicitei o apoio da União para o imediato fechamento das fronteiras e divisas do Estado Acre. Infelizmente, os nossos vizinhos estão passando por momentos difíceis e estamos fazendo tudo que é possível para evitar que isso também aconteça no Acre. Queremos fechar nossas fronteiras até que a situação se amenize. Nossa prioridade é salvar vidas e continuaremos com o mesmo empenho até o último dia dessa pandemia”, postou o governador no Facebook, nesta manhã.

O vice governador estará em Assis Brasil a partir das 14 horas.  Na sexta-feira, às 8h, a agenda será em Brasiléia. E em seguida, em Epitaciolândia.

O Governo do Acre também prepara planejamento para proibir a entrada de pessoas egressas do Amazonas e Rondônia.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias