No menu items!
27 C
Rio Branco
domingo, fevereiro 28, 2021

Perfil gay tem acreano na lista de “mais gatos” de Campo Grande

Últimas

A internet não tem limites, e o sul-mato-grossense adora uma novidade. Depois de um perfil lançado no Instagram que flagrava homens heterossexuais considerados “os mais gatos” da Capital – seja na cadeira do dentista ou na mesa de bar vizinha –, agora surgiu uma versão gay.

Também divulgando as “belezas naturais” de MS, isto é, um feed cheio de homens “gostosões”, de sunguinha e teoricamente gays, o perfil nasceu – segundo o próprio administrador de página – por puro tédio.

“Existe uma grande necessidade de se afirmar perante a comunidade gay. Aquela coisa de ser ‘aceito ou não’. Resolvi fazer um perfil pois não tinha um sequer que explorasse a beleza masculina sul-mato-grossense. Aos poucos, fui percebendo que eram os homens da comunidade LGBT+ os mais interessados em participar na divulgação”, explica o gestor da página, homem gay de 35 anos, e que preferiu não ser identificado.

Por participantes que não quiseram ser incluídos nesta reportagem, o Lado B ficou sabendo que até já tem grupo seleto no WhatsApp dos “mais gatos”. A finalidade? Paqueração entre homens – e outras coisinhas a mais…

Diferente do “primo hétero”, a versão gay não contém flagra. Muito pelo contrário, são os próprios participantes que mandam tanto a carinha quanto o “corpitcho” à mostra no perfil de divulgação. Foi o caso de Isaias Brandão, 23 anos, que nem natural de MS é.

Isaias não tem medo de brincar de “expor o cofrinho” no clique divulgado na página. Até a foto é do arquivo pessoal. “Sou nascido e criado em Rio Branco, no Acre. Já estou há exatamente 1 ano aqui em Campo Grande. Fiquei suspeito com o convite de participar do perfil, porém acredito que cada um tem sua beleza e seu biotipo, e o mais importante de tudo não o apelo da estética, mas busca a saúde em 1º lugar”, considera o estudante de Educação Física. “Ao meu ver, devemos sim valorizar o nosso corpo, mas como a nossa ‘casa’. E nada melhor do que aliar a dimensão da sexualidade, a pitada que o perfil carrega. Tudo faz parte do mesmo pacote”, acrescenta.

Versão completa AQUI

Fonte: Campo Grande News




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui