No menu items!
24 C
Rio Branco
segunda-feira, março 1, 2021

Ministro garante a Bocalom R$ 200 milhões para despoluir e recuperar margens do Igarapé São Francisco

Últimas

O prefeito Tião Bocalom, de Rio Branco, anunciou, como resultado de uma audiência no Ministério do Meio Ambiente, a destinação de R$ 200 milhões para revitalização do Igarapé São Francisco e seus afluentes. Nesta terça-feira, o prefeito, acompanhado do senador Márcio Bittar e demais membros da bancada federal do Acre, expôs o drama de 2.500 pessoas – ou mais de 500 famílias – que ficaram desabrigadas na enxurrada da última sexta-feira na capital após fortes chuvas na capital. Bocalom destacou o empenho do senador Bittar.

Foram viabilizados duas parcelas de R$ 50 milhões e outros R$ 100 milhões dentro do Orçamento, do qual o senador é relator.

O ministro Ricardo Sales, nesta fase emergencial, disse que vai abrir mão das multas ambientais para ajudar na recuperação do igarapé São Francisco.

Serão repassados nesse primeiro momento R$ 100 milhões do dinheiro apurado pelo Ibama durante a aplicação de multas. Outros R$ 100 milhões serão articulados pelo Senador Márcio Bittar, junto ao orçamento da União.

“Iremos fazer a despoluição do igarapé, reestruturar suas margens e urbanizar os bairros que são cortados pelo São Francisco. Com a despoluição e reestruturação das margens nas partes mais baixas a prefeitura espera evitar que os transbordamentos não tragam tantos prejuízos”, disse Bocalom

Com as fortes chuvas o igarapé são Francisco invadiu várias casas, mostrou sua força e a resposta aos ataques quem vem sofrendo ano a ano.
Quando está com o leito baixo, o manancial, que tem 50 quilômetros de extensão e corta boa parte de Rio Branco, vira depósito de lixo. Além disso, centenas de casas foram construídas as suas margens e geralmente o esgoto é apontado para o igarapé que desagua no rio Acre.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui