No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, fevereiro 25, 2021

PF mobiliza 40 agentes e prende, em Campo Grande, líder do PCC acusado por crimes violentos no Acre

Últimas

Na data de 10/02/2021, a Polícia Federal deflagrou a operação ARTEMIS, com o objetivo de desarticular determinada organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e crimes violentos nos estados do ACRE e Mato Grosso do Sul. Na ação foi presa em Campo Grande umas das principais lideranças do Primeiro Comando da Capital, cuja atuação se dá na região norte do país. A informação é da assessoria da PF.

A operação conta com cerca de 40 policiais federais, que cumprem 17 ordens judiciais, sendo 10 de busca e apreensão domiciliar e 7 de prisão preventiva contra integrantes da organização criminosa. Apenas um não foi localizado e encontra-se foragido.

As investigações tiveram início em 2020 após a apreensão de 12kg de skunk (uma maconha com alto teor de THC e que causa dependência com muito mais rapidez) proveniente do Peru e revelaram que nos últimos meses a organização criminosa movimentou pelo menos 800kg de entorpecentes.

A Polícia Federal reforça que a atual pandemia não afetou as investigações e ações da instituição nos crimes de sua atribuição, mas que esta diligência policial foi cumprida em total observância às orientações da ANVISA, sobretudo o uso de equipamentos de proteção individual para resguardar a saúde dos policiais e dos investigados.
A investigação conduzida pela Polícia Federal no Acre foi chamada de “Artemis” – que na mitologia grega significa a Deusa da Caça – em alusão ao principal investigado e líder do PCC no estado, o qual é conhecido como “Caçador”.

Assessoria da PF




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui