No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, abril 11, 2021

Assessor vê campanha injusta contra Bocalom e defende contratação do filho de Chico Mendes

spot_img

Últimas

Procurado para falar sobre a notícia que circula nas redes sociais sobre a contratação do acadêmico de Engenharia Florestal, Sandino Gadelha, no cargo de gestor, no Núcleo de Assistência Técnica e Extensão Rural, no Departamento de Apoio à Produção da Safra, o diretor de Comunicação, Ailton Oliveira, foi enfático em dizer que decidiram fazer uma campanha injusta contra o prefeito Bocalom, mas que o povo já está vendo isso. E vai comprovar muito mais quando os resultados da gestão de Bocalom, Marfisa e dos 17 vereadores, começarem a aparecer.

Quanto ao Sandino, em 2010, a mãe dele, Ilzamar Mendes gravou um áudio de apoio ao então candidato à presidência de República, José Serra (PSDB), a pedido de Tião Bocalom. A partir daí, a família Mendes passou a ser alvo de críticas por parte dos adversários de Bocalom. Ilzamar, os filhos e pessoas ligadas à família passaram a apoiar Bocalom em todas as eleições seguintes.

“Infelizmente, muita gente usa de má-fé para denegrir a imagem do prefeito Tião Bocalom envolvendo pessoas que defendem seu projeto em boatos maldosos”, diz o diretor de Comunicação da prefeitura de Rio Branco, Ailton Oliveira. “Quando virem o programa de Saúde da Família funcionando com médicos visitando pacientes em casa, sem faltar remédios e exames com resultados no dia seguinte, quando os rio-branquenses estiverem comendo o arroz, o feijão e outros alimentos produzidos aqui em nosso município, gerando emprego e renda, quando começarmos a “rasgar” as ruas, realizando trabalhos definitivos e garantirmos tráfego de inverno a verão nos ramais, quando baixarmos o preço da passagem de ônibus e quando colocarmos água tratada de qualidade nas casas dos rio-branquenses, todos observarão a injustiça que fazem com o prefeito agora. Não vamos dar atenção para essas coisas e vamos continuar respeitando àqueles que em algum momento nos ajudaram com nosso projeto. Tudo tem sua hora, há tempo para plantar e há tempo para colher, é o que diz a palavra de Deus”, finalizou Ailton Oliveira.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui