No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, abril 11, 2021

Sem apresentar provas, Márcio Bittar culpa o governador João Dória, de São Paulo, pela crise migratória no Acre

spot_img

Últimas

Em entrevista concedida ao uma emissora local na tarde desta quarta-feira (03), o senador Márcio Bittar (MDB) acusou o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), de estar patrocinado o caos na fronteira do Acre com o Peru.

Bittar disse que “alguém deve estar pagando as passagens de aviões para que os Haitianos saiam de São Paulo e se transformem em um problema para o estado do Acre”.

A acusação foi feita no momento em que o Acre recebia mais 5.200 doses de vacina do Instituto Butantan.

Desconexo, o senador afirmou que o governo peruano radicalizou no fechamento das fronteiras e que “mesmo com a tentativa do ministro das relações exteriores Ernesto Araújo de garantir a passagem dos estrangeiros, não obteve sucesso”.

“Alguém está pagando essas passagens para esses haitianos chegarem aqui. Isso é transferência de um problema para nós e pode estar sendo provocado pelo governador de São Paulo João Dória”, disse o senador.

Bittar cobrou uma ação da justiça federal para acionar os possíveis responsáveis pela migração de estrangeiros para o Acre.

O senador esqueceu que o governo federal precisa apresentar seu plano de ajuda humanitária aos imigrantes, conforme decidiu o juiz federal Herley da paz, na última segunda-feira. O magistrado deu 48 horas para o presidente Bolsonaro explicar quais as medidas pretende adotar para que a ponte da integração seja liberada, conforme pediu a Procuradoria Geral da União (veja AQUI).

O juiz reconhece que a Prefeitura de Assis Brasil, um município com 7 mil habitantes, dá a assistência necessária, dentro de suas possibilidades, aos mais de 500 imigrantes retidos na fronteira.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui