No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, abril 11, 2021

Gladson assina Pacto Nacional em defesa da Vida, da Saúde, pela retomada de empregos e da Economia

spot_img

Últimas

Uma inciativa dos governadores de quase todos os estados do País, é tornar ações alinhadas nas áreas da saúde, economia e de retomada dos empregos, isso já prevendo os estragos que o pós coronavírus deixará. Também

De acordo com o Fórum Nacional dos Governadores, o tratado deve sair até o dia 14 de março. O objetivo é que os estados possam atuar juntos na compra direta de vacinas e na implementação de medidas contra o avanço do novo coronavírus.

Segundo um dos representantes do Fórum, governador Wellington Dias (PI), o momento da pandemia é grave, e os estados precisam com urgência vacinar sua população, principalmente quem está na terceira idade.

O pacto dos governadores considera uma decisão recente dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que prevê que a adoção de medidas em benefício da população, no que se refere à pandemia da covid-19, também é competência dos governos estaduais.

Nesse sentido, os signatários reiteram o compromisso quanto à celebração de Pacto que contemple as seguintes ações:

1) expansão da vacinação, com pluralidade de fornecedores, ampliação das compras das vacinas e busca de solidariedade internacional, em face da gravidade da atual crise brasileira;

2) apoio a medidas preventivas, essenciais para a contenção do vírus, uma vez que as possibilidades de expansão dos leitos hospitalares são limitadas, devido à escassez de insumos e de recursos humanos, e porque ações dessa natureza protegem famílias, salvam vidas e asseguram aos sistemas hospitalares as condições necessárias de funcionamento, a exemplo do incentivo ao uso de máscaras e do desestímulo a aglomerações, que têm sido implementados com sucesso na maioria dos países, em todos os continentes;

3) apoio aos Estados para manutenção e ampliação, o mais brevemente possível, da oferta de leitos de UTI destinados ao tratamento de pacientes contaminados com a Covid-19, fazendo-se necessária, também, a integração de todos os sistemas hospitalares, a fim de utilizar ao máximo a disponibilidade existente, a partir do planejamento e da análise diária da situação de cada Unidade da Federação.

Veja o documento na sua íntegra;




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui