No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, abril 11, 2021

VÍDEO: Bando de macacos agoniza e um morre com falta de ar na região da 1ª transmissão comunitária de Covid n o Acre

spot_img

Últimas

O caçador Ruan Vitor, morador da zona rural de Plácido de Castro, registrou um bando de macacos da espécie capelão agonizando com falta de ar, na manhã deste domingo. Um dos animais aparece morto no vídeo gravado pelo homem.

“Há mais de 20 anos que caço e pesco e nunca tinha presenciando essa cena. Encontrei no mato um bando de macaco capelão. Um lá em cima da árvore. Outro já morto. Outro três desse jeito que estou mostrando no vídeo. Verifiquei se algum  deles tinha alguma perfuração. Os quatro vivos sem nenhuma ou marca de bala e nem chumbo no corpo. Mas todos com muita dificuldade de respirar”, disse o caçador. “Fiquei muito preocupado pelo momento que estamos passando (Pandemia)”, espantou-se Ruan Vitor.

Em certo momento o caçador segura ao braço de um dos animais, tentando levantá-lo.

Curiosamente, os capelões não têm hábitos terrestres. Eles vivem nas copas das árvores mais altas da floresta

Em conversa pelo aplicativo Whatsapp, Ruan afirma que a comunidade teve muitos casos de Covid.

Os primeiros casos de transmissão comunitária foram registrados entre Plácido de Castro e Acrelândia, onde um líder de cooperativa de 82 anos foi infectado e participou de reuniões políticas, gerando uma polêmica sobre o contágio em massa. Vários políticos e líderes comunitários testaram positivo enquanto o0 idoso se recuperava numa UTI.

Os dois municípios chegaram a liderar o número de infectados pelo vírus.

 

 




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui