No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, abril 11, 2021

“Moleques” viram réus pela morte de policial civil no Bujari

spot_img

Últimas

Luiz Fernando da Costa Ferreira, Naelisson Silva do Nascimento e um adolescente passaram a ser réus pelo latrocínio do Policial Civil Francisco Santos da Silva.
A decisão foi do juiz da Comarca do Bujari, Manoel Simões Pedroga.

Ao receber a denúncia do Ministério Público Estadual, o magistrado escreveu. “ Os autos encontram-se instruídos com provas de materialidade delitiva e indícios de autoria imputados aos denunciados”, disse um dos trechos da decisão.

Naelisson Silva do Nascimento vai responder ação penal, que é a produção de provas no âmbito da justiça, pelos crimes de latrocínio, o roubo seguido de morte e corrupção de menores, enquanto Luiz Fernando, além dos mesmos crimes do comparsa, virou réu também por tráfico de drogas.

Ele portava entorpecente quando foi preso em flagrante.
O Policial Civil aposentado Francisco Santos da Silva foi assassinado no dia 9 de novembro do ano passado. O crime ocorreu na área central do município do Bujari.

O agente estava em casa, quando foi surpreendido pelos bandidos. Francisco Santos foi atingido com um tiro e, não resistiu ao ferimento.
Os bandidos levaram arma do policial e uma pequena quantidade em dinheiro.
A dupla envolvida no crime foi presa pouco tempo depois durante uma ação de policias civis.

Os investigadores conseguiram recuperar a pistola .40 do agente de segurança.
No decorrer da investigação, a polícia civil, descobriu o envolvimento de um adolescente no crime. A partir de agora os réus o prazo de dez dias para responder à acusação.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui