No menu items!
21.3 C
Rio Branco
quarta-feira, junho 16, 2021

Erosão ameaça engolir comércio no Centro de Rio Branco

spot_img

Últimas

As imagens feitas pelos lojistas do calçadão da Benjamim Constant mostram a dificuldade de um cadeirante para passar por uma das principais vias de pedestres do centro de Rio Branco. Desde a semana passada a terra vem cedendo e já baixou um metro em uma extensão de 20 metros.

A loja do Adriano Souza por pouco não foi levada. O desmoronamento chegou na porta do comércio. Ele improvisou uma escada para atrair algum cliente, mas ninguém quer sofrer um risco a mais.

Todos os anos quando as águas do Rio Acre baixam a terra começa a ceder nessa região. Para quem precisa ir trabalhar ou fazer compras no centro não está fácil. Os idosos, mesmo sabendo do perigo, se arriscam. Flagramos seu Severino da Silva, de 87 anos, pedindo ajuda aos outros pedestres para conseguir descer e subir a parte de terra que cedeu.

“Eu gosto de passear pela região para ver o movimento e por isso vou pedir para a prefeitura consertar tudo aqui urgente”, apelou.

Lojistas estão desistindo do calçadão. Três delas em frente ao desbarrancamento não abriram mais as portas. Todos os anos os lojistas enfrentam o mesmo problema. A prefeitura demora a fazer as intervenções. Um muro construído pelo então prefeito Marcus Alexandre, para tentar evitar a erosão, não funciona, inclusive até rachou e quem precisa passar por ali deve ter cuidados dobrados.

A prefeitura informou que tem um projeto para revitalizar toda a área central de Rio Branco às margens do Rio Acre, e, por enquanto, vai fazer a recuperação da calçada o mais rápido possível.

 




- Advertisement -spot_img

Mais notícias