No menu items!
20.3 C
Rio Branco
quarta-feira, junho 16, 2021

Equipamentos substituídos por LED permanecem amontoados, em Rio Branco

spot_img

Últimas

A imagem do amontado de ferro na entrada da Unidade de Tratamento de Resíduos sólidos de Rio Branco, chama a atenção e intriga quem passa por ali.

São peças como suporte, base, equipamentos elétricos e lâmpadas que foram retiradas dos postes para a substituição por LED, e que agora virou uma montanha de descarte.

Os braços, suportes e as enormes luminárias que ficavam em praças e outros locais públicos foram colocadas em um pátio, sob sol e chuva.

Alguns itens estão organizados, outros foram jogados, amontoados com peças que protegiam as lâmpadas. Muitas tinham a base de vidro, mas estão jogadas no pátio e foram quebradas na hora de descarregar.

Luminárias enormes, luxuosas e caríssimas estão na mesma montanha de ferro, quebrados, arranhados e destruídos.

A secretaria de zeladoria vai contar cada peça para descobrir se a quantidade bate com a número de pontos de LED instalados em Rio Branco.

No ano passado a prefeitura gastou R$ 22 milhões para substituir 24.000 pontos de luz. A meta era chegar a 40.000 pontos de LED, mas foram suspensos os serviços em 20 de dezembro deixando 40% da cidade no sistema de iluminação antigo.

Além do material de suporte da luz, a zeladoria começou a testar e contar as lâmpadas de vapor de sódio que foram substituídas. Outros equipamentos elétricos que estavam no poste também serão contados e testados. O primeiro passo é descobrir se houve alguma irregularidade na hora de trocar o sistema.

Segundo Joabe Lira, secretário da zeladoria, assim que contabilizar as peças retiradas, a prefeitura pretende anexar a um relatório do grupo de trabalho que está verificando o contrato, fruto de um empréstimo de R$ 33 milhões.

Por enquanto a prefeitura não sabe o que fazer com o descarte do material retirado dos postes.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias