No menu items!
20.3 C
Rio Branco
quarta-feira, junho 16, 2021

Manoel lima fortalece movimento grevista no interior e recebe apoio de lideranças rumo à Presidência do Sinteac

spot_img

Últimas

O Professor Manoel Lima passou os últimos quatro dias percorrendo as cidades da região do Alto Acre mobilizando os trabalhadores em educação para o movimento grevista da categoria e recebendo o apoio das lideranças locais para sua candidatura a presidente do Sinteac.

De volta à Rio Branco, nesta quinta-feira à noite, ele se diz satisfeito com o resultado das agendas e fez uma avaliação dos manifestos que ajudou a organizar em defesa das bandeiras de luta dos trabalhadores em educação.

“A gente se reuniu com as lideranças da educação em todos os municípios do Alto Acre, ajudamos a organizar atos de protestos, participamos de carreatas e, em alguns municípios, abrimos o dialogo do sindicato local com o poder publico municipal para atendimento das nossas bandeiras de luta. Mas confesso que o que mais me surpreendeu foi a demonstração de apoio, maciço, dos colegas à minha pessoa para voltar a presidir o nosso sindicato estadual”, disse.

Manoel lima já comandou o sindicato dos trabalhadores em educação do Estado do Acre, SINTEAC, por dois mandatos seguidos no período de 2005 a 2011, quando se consagrou o sindicalista mais atuante de todos os tempos, acumulando conquistas trabalhistas nunca visto antes pela categoria da educação.

Na semana passada ele esteve, também, na região do Juruá mobilizando os trabalhadores em educação para o movimento grevista, e retornou satisfeito com a adesão ao seu nome para voltar à presidência do SINTEAC.

Aqui em Rio Branco, o professor Manoel Lima tem participado de atos públicos organizados pelo movimento grevista e mantido, na internet, uma rotina de apresentações de propostas para uma possível gestão frente ao sindicato de sua categoria.

Na próxima semana ele deve visitar alguns municípios da região do Baixo Acre, pregando a união da categoria na defesa de melhores condições de trabalho e salários mais jutos para os trabalhadores em educação de todo o Estado do Acre.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias