No menu items!
22.3 C
Rio Branco
segunda-feira, junho 14, 2021

James Gomes, assessor improdutivo do governo, insiste em dominar mandato da mulher, a senadora Mailza, e separação seria inevitável

spot_img

Últimas

Além dos senadores Márcio Bittar e Sérgio Petecão, que separados de suas companheiras em meio a suposta crise conjugal, a presidente do PP, senadora Mailza Gomes, estaria a um passo romper com o marido.

No caso dela, o maior problema seria com o esposo, ex-prefeito do Quinari, James Gomes, e envolveria problemas relacionados à vida pessoal dele.

O ex-prefeito exigi manter domínio sobre o mandato da mulher, gerando constrangimento na relação dela com o grupo aliado ao governo.

Pela postura incoerente, dentro e fora de casa, James, que não mede consequências, já não é referência como conselheiro palaciano. É assessor especial do governo, não contribui com a governabilidade e não justifica o salário mensal acima de R$ 20 mil. Se mantém num dos cargos mais cobiçados por razões muito óbvias.

O inconformismo de alguns caciques políticos está, aos poucos, expondo o ex-prefeito como alguém que precisa de tratamento em clínica especializada.

“É difícil para a senadora e ainda mais pra ele”, disse uma fonte próxima do casal. “Politicamente, não seria bom para ambos”, completou, referindo-se a uma possível separação.

São comentários por enquanto isolados que se multiplicam nas redes sociais, em grupos de Whatsapp, em tom de revolta e até preocupação com a saúde do ex-prefeito.

O assunto, de acordo com outra fonte do acJornal, é de amplo conhecimento da população do Quinari, e de amigos próximos ao casal em Brasília, onde passam a maior do tempo.

Mailza é de uma família de evangélicos, e, apesar de seu silêncio e subserviência, teria chegado ao limite. Tentou salvar o casamento de todas as formas.

Amigos temem que a exposição da separação de Bittar e Petecão reforcem a convicção da senadora de também romper a relação com o ex-prefeito.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias