No menu items!
22.3 C
Rio Branco
segunda-feira, junho 14, 2021

Após o golpe da separação, Márcia Bittar dá a largada na disputa pela vaga de senador e irrita muita gente

spot_img

Últimas

Separada do senador Márcio Bittar desde o final do ano passado – a separação se tornou pública em março – a historiadora e dona de casa Márcia Espinosa Bittar teria feito uma exigência na assinatura do divórcio: o apoio do ex marido para ser eleita senadora na única vaga em disputa no Acre em 2022.
Casada com. Senador, Márcia não poderia ser senadora. A separação, tornada pública há alguns dias, sugere ser um golpe do casal para garantir elegibilidade da suposta ex mulher.

Eis que nos últimos dias, depois de muitas especulações, retaliações e críticas, Márcia caiu em campo. Em suas contas nas redes sociais ela aproveitou o feriado de Corpus Christi para confirmar que é candidatíssima ao cargo, ainda que não tenha definido por qual partido. Ela estava até o ano passado filiada ao Solidariedade.

Nas agendas no interior Márcia estava acompanhada da publicitária Charlene Lima e da jornalista Vânia Pinheiro, ambas amigas pessoais de Márcio Bittar muito antes dele ter casado com Márcia.

As visitas feitas por Márcia foram todas a aliados do senador. Nas legendas ela faz questão de destacar que são seus amigos pessoais com quem vem batalhando na politica acreana há mais de duas décadas: ou seja, o motor das campanhas do ex-marido sempre seria ela.

Resta agora esperar quais são os próximos passos de Márcia e como irão reagir seus adversários na coligação que deve apoiar o governador Gladson Cameli, uma vez que esta pode ter apenas um candidato à vaga do Senado.

Nos bastidores a informação é de que as andanças de Márcia estariam irritando demais seus principais adversários
A atual dona do cargo, Mailza Gomes, e os deputados federais Alan Rick e Vanda Milani, por exemplo.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias