No menu items!
22.3 C
Rio Branco
segunda-feira, junho 14, 2021

Major da PM do Acre é preso e em seguida libertado após bater na mulher e na sogra

spot_img

Últimas

Policiais civis prenderam o subcomandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, major Moisés Araújo, em flagrante. O militar é acusado de agredir a mulher e a sogra, informou o G1 nesta sexta-feira. A agressão foi na última quarta, na cidade de Brasiléia, onde o major trabalha. A vítimas relatou outras agressões ao Comando Geral da PM, e disse que havia pedido a separação.Ela própria chamou a polícia, no último domingo, após mais uma investida violenta do militar, quando ele teria agredido a esposa e a sogra. A mulher disse que o militar apontou uma arma em sua direção. Exames de corpo de delito convenceram a delegada da cidade, que deu voz de prisão ao oficial.

O juiz Clovis de Souza Lodi relaxou a prisão e pôs o major em liberdade provisória, destaca a publicação do G1. “Ele deve comparecer mensalmente em juízo para informar e justificar suas atividades; está proibido de frequentar bares, boates ou similares; suspensão do porte de arma quando não estiver de serviço e também está proibido de se aproximar das vítimas e de seus familiares a menos de 500 metros de distância. A multa em caso de descumprimento é de R$ 3 mil”, diz a reportagem de Aline Nascimento.

O comando-geral da PM-AC disse em nota que a agressão “não condiz com a formação e a preparação dos policiais militares acreanos”, ressaltando que a corporação não aprova atos de violência doméstica e familiar. A PM-AC mandou instaurar uma sindicância para apurar os fatos e o militar pode ter o porte de arma suspenso.

Por G1-AC




- Advertisement -spot_img

Mais notícias