ACRE

Caminhoneira do Acre percorre milhares de quilômetros para levar artesanato do estado a todo o Brasil

Published

on

Há poucos dias, a caminhoneira Leonice Amorim percorreu três mil km, de Rio Branco a Brasília (DF), para que o artesanato acreano fosse exposto no Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras, na capital federal.

“São cinco dias e quatro noites de viagem. É um trabalho árduo e perigoso, mas prazeroso. Eu amo o que faço, e os motoristas de outros estados ficam chocados com a minha coragem”, conta Leonice.

A motorista, servidora do Estado, lotada na Secretaria de Empreendedorismo e Turismo (Seet), há quatro anos responde pela tarefa e já transportou o artesanato acreano também para feiras em Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP).

Leonice carrega a cultura do Acre para o Brasil. Admirada pelos artesãos acreanos por sua garra e determinação, a caminhoneira percorre as rodovias federais para levar os produtos do estado.

“Ficamos honrados por ser uma mulher que traz nossas peças. Ela tem responsabilidade e capricho e confiamos muito nela. E é também uma quebra de paradigma, pois a mulher é sim capacitada para fazer o que quiser, inclusive dirigir veículos pesados”, defende a artesã Adriane Aparecida da Silva.

Leia Também:  Morre aos 17 anos filho da jornalista Lenilda Cavalcante

Sem se importar com os obstáculos do caminho, a motorista afirma que a parte mais difícil de superar são as saudades do filho, de 4 anos de idade.

“A minha maior dificuldade é deixar meu filho por dias. Mas ele fica bem cuidado pela família. Quando retorno, mato as saudades. Eu faço o meu trabalho com o maior amor do mundo, levo essas peças com zelo e responsabilidade, pois sei o que elas representam para o estado e para os artesãos”, declara.

Ednilton da Silva, gerente comercial da empresa Marchetaria do Acre,destaca a confiança que tem na motorista. “Ela leva toda a nossa acreanidade, carrega meses de trabalho dos artesãos. Leva um pouquinho dos nossos corações, dos nossos sentimentos e também do nosso ganha-pão. O trabalho dela é muito importante, pelo compromisso que ela tem de entregar tudo direitinho”, afirma.

Durante visita ao Salão do Artesanato, na semana passada, o governador Gladson Cameli fez questão de abraçar a motorista. “Muito obrigado por sua dedicação ao estado. Você carrega mais do que artesanato, carrega a nossa cultura, carrega sonhos”, reconheceu.

Leia Também:  PT confirma Jorge Viana na disputa do Senado e aumentam as chances de apoiar Jenilson ao governo

Agência de Notícias Acre

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ACRE

Cruzeiro do Sul registra dois casos suspeitos de varíola dos macacos e deixa Saúde em alerta

Published

on

A Vigilância Epidemiológica de Cruzeiro do Sul monitora dois pacientes com suspeitas de terem contraído a varíola do macaco. São duas mulheres. Uma delas teve contato com um estrangeiro. A paciente apresenta lesões na pele. A segunda paciente é irmã dela.

As mulheres deram entrada na UPA de Cruzeiro do Sul na última segunda-feira, 27. Foi coletado material para análise no laboratório central.

Rafaela Oliveira, chefe da Vigilância Epidemiológica, disse que as pacientes serão monitoradas. Ela pontuou que os casos suspeitos serão informados ao Ministério da Saúde.

Com estes dois casos, o Acre registra três casos suspeitos da doença, sem confirmação.

 

Noticias da Hora

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Hemoacre registra baixos índices de doação e escassez de sangue
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI