ACRE

Pré-candidata acusa PDT de fazer movimento para suprimir e enfraquecer sua candidatura; “Vão entregar o meu número ao deputado Pedro Longo”

Published

on

Quem pensa que a movimentação de pré-campanha deste ano se resumiu apenas a indefinição de Jorge Viana (PT) a que cargo disputaria nestas eleições e o troca-troca de nomes ao cargo de vice-governador na chapa de Gladson Cameli está muito enganado. Os bastidores dos partidos fervilham e as rasteiras, miguelagens e enganações dão o tom do que será a disputa eleitoral de 2022.

Um desses casos foi exposto por meio de uma nota de repúdio escrita e publicada por uma pré-candidata, identificada como Vanessa Facundes, que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Acre pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), que tem como presidente da sigla no Acre, o delegado de Polícia Civil e ex-secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, mas que na realidade é comandado com mãos de ferro pelo deputado estadual e eterno mandachuva, José Luiz Tchê.

Na publicação feita pela pré-candidata, que concorreu ao cargo de vereadora na última eleição municipal, ela foi comunicada por membros da executiva estadual que o seu número (12345), usado por ela em pleito anterior, seria passado ao deputado estadual Pedro Longo, ex-PV e filiado ao PDT desde abril deste ano, e amigo pessoal de Luiz Tchê e Emylson Farias, desde a época que integravam as fileiras da extinta Frente Popular do Acre (FPA).

Leia Também:  Jovem de 22 anos é morto com tiro na cabeça enquanto caminhava com a esposa no interior do AC

“Isso demonstra falta de consideração, desrespeito e descaso com minha candidatura feminina. Logo eu que tenho mais tempo de lealdade ao PDT e comprometimento, sendo presidente da AMT no Estado do Acre. Disputei a eleição em 2020, ainda com um bebê de apenas 6 meses. Nunca tive recursos para campanha, tampouco estrutura adequada. Mas sempre buscando ajudar o PDT”, desabafou a pré-candidata.

Vanessa escreveu ainda que acredita que sua candidatura, com a rasteira que lhe aplicaram, “será deslegitimada até mesmo dentro do meu próprio partido, onde ao invés de incentivarem e valorizarem mulheres na política, fazem um forte movimento para suprimir e enfraquecer minha candidatura retirando meu número, sem dar sequer a oportunidade de decidirmos por sorteio!”.

Por fim a pré-candidata afirmou que já comunicou a executiva nacional do PDT e foi orientada por eles a adotas as medidas cabíveis, entre elas, o acionamento os meios jurídicos pertinentes ao caso.

Notícias da Hora

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ACRE

Saúde do Acre notifica raiva humana em paciente de Cobija, na fronteira

Published

on

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Brasileia, informou nesta terça-feira, 16, o registro de um caso de raiva humana, na cidade fronteiriça de Cobija, na Bolívia. O paciente está em coma e não tem antecedentes de mordedura de cão ou gato. A infecção foi diagnosticada na quinta, 11.A doença é caracterizada por sintomas neurológicos em animais e seres humanos. O vírus multiplica-se no local da lesão, migra para o sistema nervoso e, a partir daí, para diferentes órgãos, principalmente para as glândulas salivares, sendo eliminado pela saliva. Circula em ambientes domésticos, em animais como cães e gatos, também em raposas, morcegos, cavalos e vacas e é transmitido principalmente por meio de mordidas e arranhões ou de lambidas de mucosas e pele lesionada.

A chefe do Centro de Informações Estratégicas da Vigilância em Saúde (Cievs) da Sesacre, Débora dos Santos, ressalta que, em caso de suspeita de raiva, é fundamental a comunicação para acompanhamento e análise. No caso de uma possível infecção, a pessoa deve ir a uma unidade de saúde o mais rapidamente possível para o primeiro atendimento.

Leia Também:  ExpoJuruá: organizadores prometem evento com mesmo sucesso ou até maior que a ExpoAcre

“Quem avalia é o profissional de saúde, que está amparado por um protocolo que vai verificar se o animal tem histórico de vacinação e se é agressivo, entre outros fatores”, informa.

Trabalho preventivoEm Brasileia, nesta segunda-feira,15, iniciou-se a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI