destaque2

Acre só terá decorações natalinas, sem Show da Virada; Governo constrói árvore de 25m e casa de Papai Noel climatizada

Published

on

A capital do Acre terá decorações natalina feita pelo governo e prefeitura de Rio Branco. Uma árvore de Natal de 25 metros e uma casa do Papai Noel climatizada serão as principais atrações deste ano. A decoração feita pelo governo deve ser inaugurada na próxima terça-feira (14).

Já a prefeitura de Rio Branco, com orçamento de quase R$ 120 mil, deve inaugurar a decoração de Natal no domingo (12). Os enfeites ficarão expostos até o dia 6 de janeiro.

Sobre o réveillon, após confirmar que realizaria a festa em Rio Branco, o governo voltou atrás e cancelou o show que aconteceria na virada. O motivo foi a pandemia do novo coronavírus.

Pensando em proporcionar um final de ano incrível e de esperança para todos os acreanos, o governo do Estado, por meio da Casa Civil, Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (SEET) e Fundação Elias Mansour (FEM), está decorando e iluminando os 22 municípios do estado, diz a assessoria do governo. Mais da metade dos municípios acreanos estão com a decoração finalizada, sendo: Senador Guiomard, Sena Madureira, Manoel Urbano, Bujari, Porto Acre, Xapuri, Epitaciolândia, Brasileia, Capixaba, Feijó, Mâncio Lima, Assis Brasil, Rodrigues Alves, Tarauacá e Feijó

Leia Também:  Receita abrirá nesta terça-feira consulta ao 4º lote de restituição

Rio Branco é uma das 12 capitais que optaram, apenas, por decorações natalinas.

As informações são do G1.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Pró-Saúde: sentença do TJ-AC impõe derrota ao governo e reascende esperança dos 1.800 na lista de demissão

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI